2013-644517267-20130910023604224ap.jpg_20130910

CANIL MUNICIPAL DE IPATINGA: PROJETO INOVADOR TEM OBRAS EM FASE FINAL

Em grande passo para a causa animal, Ipatinga está prestes a inaugurar seu primeiro Canil Municipal, um projeto pioneiro no Vale do Aço que promete transformar a realidade dos animais em situação de rua. Localizado na Av. Simon Bolívar, 713, Cidade Nobre, as obras do canil estão em sua fase final.

O Canil Municipal está sendo construído na seção de controle de zoonoses e abrange uma área de aproximadamente 200 m², contando com oito baias destinadas ao acolhimento temporário de cães e gatos. A iniciativa segue as diretrizes do controle populacional de animais, conforme as orientações do PRODEVIDA.

O prefeito Gustavo Nunes enfatiza que a construção do canil é mais um passo que a administração municipal dá em defesa da causa animal. É fundamental que a população também faça sua parte, se conscientizando da posse responsável e todos os cuidados que os animais demandam.

“Com a implantação do Canil Municipal, a Prefeitura estará consolidando uma preocupação com o cuidado e a proteção dos animais, assim como com a saúde e qualidade de vida da população” ressaltou o prefeito.

O projeto adota o conceito de “CATA” (Centro de Acolhimento Seletivo de Animais), uma abordagem que preconiza o recolhimento seletivo em situações específicas. Entre elas, destaca-se o recolhimento de animais de rua para posterior devolução ao local de origem, após passarem pelo processo de castração, vacinação e identificação (CED – Capturar, Castrar e Devolver).

De acordo com a médica veterinária Shara Regina, o Canil/Gatil tem como objetivo acolher animais agressores para um período de observação de dez dias, apenas quando o tutor não é identificado ou localizado. “A proposta do CATA é servir como uma casa de passagem, onde os animais entram, recebem o tratamento adequado e são reintegrados ao ambiente externo”, explica a veterinária.

A profissional esclarece ainda, que a mudança na abordagem reflete anos de estudo, evidenciando que o recolhimento indiscriminado de animais de rua não é uma estratégia eficaz. “A revisão dessa prática está respaldada tanto em legislação estadual quanto municipal, sendo essencial que cada município construa seu próprio CATA. Portanto, o atendimento proporcionado pelo Canil Municipal é exclusivo para o município de Ipatinga, reforçando o compromisso da cidade com o cuidado responsável dos animais”, disse Shara.

PRODEVIDA
O PRODEVIDA é um pacto firmado entre o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e a Prefeitura de Ipatinga. O compromisso estabelecido tem o objetivo de aprimorar a qualidade dos serviços prestados na área de zoonoses, reforçando o cuidado com a saúde tanto de pessoas quanto de animais.

Compartilhe com um amigo

Facebook
WhatsApp
Email