DJI_0047

WR ERGUE EM VALADARES O PRÉDIO MAIS ALTO DO BRASIL EM ESTRUTURA MONOLÍTICA

Mais um recorde para a construção civil do Leste de Minas Gerais. Governador Valadares agora é a cidade do Ibituruna Tower, o novo prédio mais alto do Brasil em estrutura monolítica, executado pela WR Construtora. Com paredes feitas totalmente em concreto, sem tijolos, o edifício que acaba de receber sua 28ª e última laje supera o Iguaçu Nobre, em Ipatinga, outro prédio construído pela empresa utilizando a mesma tecnologia.

De frente para o pico que dá nome ao cartão postal mais famoso da cidade, o Ibituruna Tower possui 83 metros de altura, com quatro apartamentos em cada um de seus 28 andares, num total de 112 unidades. Todas com dois quartos, suíte e varanda, e já vendidas na planta, antes mesmo do início das obras.

Recorde em altura – pois, passa a ser o mais alto também em comprimento na região Leste do estado – e em velocidade. Foram exatos apenas 136 dias de trabalho do primeiro ao último pavimento, utilizando um sistema de fôrmas especiais de alumínio. Nesse processo, lajes e paredes são concretadas numa única etapa, graças a montagem e desmontagem rápida das estruturas a cada andar, que é feita de forma manual, sem necessidade de mão-de-obra especializada. Os painéis são leves e de fácil manuseio. Sem rebites e com emendas na face que faz contato com o concreto, permitem um acabamento perfeito.

Não por acaso, esse sistema construtivo com paredes de concreto garante mais qualidade e um ganho de até 85% na produtividade da construção. A gente sonhou e enxergou que era possível. E graças a inovação e a tecnologia aprimorada pela WR, em construção com paredes feitas totalmente em concreto, hoje, alcançamos o topo dessa jornada. É por isso que celebramos esse feito com Valadares, com muita gratidão a Deus e aos mais de 110 valentes empenhados aqui nesse canteiro de obras”, comemora Wallace Barreto Simão, diretor da WR.

Outra vantagem: com paredes super-resistentes de concreto, o projeto do Ibituruna Tower, em Governador Valadares, e do Iguaçu Nobre, em Ipatinga, elimina a necessidade de colunas e pilastras. Isso otimiza espaços de corredores, halls e apartamentos, deixando os 54m² de cada unidade bem distribuídos e ventilados, entre sala, cozinha, banheiros e quartos. “Este é, sem dúvidas, um marco na engenharia do país, mas, sobretudo, um marco de superação e investimento em tecnologia da WR Construtora”, resume Wallace.

Na foto de capa deste post, Wallace Barreto Simão, diretor da WR na 28ª laje do Ibituruna Tower

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Agenda de convergencia
Cenibra
Sindcomércio Vale do Aço
AAPi
WR
Unimed
Usiminas
Cenibra 02
Usisaude 2
Usisaude 1
Usisaude 3