Biblioteca Central de Ideias - Foto Warley Soares_01

VAMOS LER? BIBLIOTECA CENTRAL DE IDEIAS OFERECE MAIS DE 600 NOVAS OBRAS

A Biblioteca Central de Ideias está com uma série de novidades em seu acervo de mais de 6 mil exemplares. Em celebração aos seus 18 anos, o espaço ganhou cara nova e aproveitou para brindar o público de Ipatinga com mais de 600 novas obras disponíveis para empréstimo. Entre os títulos, autores internacionais e nacionais renomados abordam temáticas diversas: clássicos reeditados, best-sellers, romances, discussões sobre amor, ciência e ecologia e outros temas importantes para a atualidade.
Sem contar as histórias infanto juvenis capazes de incentivar a criatividade das crianças, textos inventivos e em edições encantadoras. A lista é grande: tem “Vai Embora Grande Monstro Verde”, “Ponte para Terabitia”, “Coleção Diário de Rowley”, entre outros.
Sucesso entre jovens e adultos, os livros “Tudo sobre o amor”, de Bell Hooks, e dois exemplares da trilogia de Jenna Evans Welch, “Amor e Sorte” e “Amor Azeitonas”, também já estão nas prateleiras da biblioteca. E tem leitura para todos os gostos: literatura irlandesa, coreana, norte americana e muito mais. “Fahrenheit 451”, “Pachinko”, “Clube dos homens”, “Drácula”, “Você ligou para o Sam”… todos esses títulos são novidades.
As estantes da Biblioteca Central de Ideias também ganharam mais cores com os novos 30 livros do escritor e cartunista Ziraldo, um dos símbolos da literatura e cultura nacional. A doação foi feita pelo Instituto Ziraldo durante visita no 14º Salão do Livro Vale do Aço e na Exposição Através do Z, em cartaz na Galeria do Centro Cultural Usiminas, até 22 de julho, com entrada gratuita.
Serviços
Com as novas áreas de convivência, o leitor pode aproveitar o espaço para leituras, debates e estudo. Os empréstimos são direcionados aos sócios, tanto presencialmente quanto pelo Delivery de Livros, serviço gratuito para o público do Vale do Aço, que pode reservar o livro e recebê-lo em casa.
Mantida pelo Instituto Usiminas, a Biblioteca conta com o patrocínio da Usiminas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, reforçando a atuação social da companhia pautada pela formação. “Buscamos promover meios para estimular à leitura e uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade. Enriquecer nosso acervo com novas histórias reforça o trabalho que contribui para estimular ainda mais a formação de leitores”, afirma Penélope Portugal, diretora do Instituto Usiminas.

Compartilhe com um amigo

Facebook
WhatsApp
Email