Criações de Rosane a partir do agregado siderúrgico que serão ensinadas no curso Agregando Arte

PROJETO AGREGANDO ARTE RESSIGNIFICA O AGREGADO SIDERÚRGICO

De uma região que tem a indústria do aço em sua essência, nasce também um novo olhar sobre o agregado siderúrgico. O coproduto, gerado a partir da fabricação do aço, se tornou matéria-prima para obras de arte, depois de uma pesquisa inédita da artista plástica Rosane Dias. Aliando arte, sustentabilidade e economia criativa, surge o projeto Agregando Arte.

A iniciativa é realizada pela artista plástica Rosane Dias e, para além da produção de obras de arte, busca promover a capacitação técnica, posicionamento profissional, geração de trabalho e renda e consequentemente estimular a economia criativa da região. O projeto conta com patrocínio da Usiminas e apoio do Instituto Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, reforçando a atuação social da empresa em contribuir para a redução da desigualdade social e em fortalecer o desenvolvimento sustentável das comunidades onde está presente.

SONY DSC

“Diante da necessidade de explorar novas ideias para reutilização desse resíduo, iniciei, em 2016, uma pesquisa em busca por soluções criativas para transformá-los em produtos artesanais, objetos de valor estético, funcionais e que possam contribuir para o desenvolvimento cultural, social e econômico das comunidades onde trabalhamos. De forma totalmente artesanal, consegui transformar a matéria-prima em tintas, produzindo cores inspiradas na região do Vale do Aço, e uma massa que possibilita a criação de objetos tridimensionais, como biojóias, objetos de decoração e brindes”, detalha Rosane Dias.

Para aprender a utilizar o agregado siderúrgico como matéria-prima, durante oito meses, em aulas semanais, as artesãs selecionadas para participar receberão atividades teóricas e práticas e serão estimuladas a relacionar a matéria-prima com a cultura local para criar produtos artesanais originais e sustentáveis.

Os conteúdos vão desde a identificação com a cultura e identidade territorial, passando pelas técnicas de preparação, pigmentação e utilização do agregado siderúrgico, sensibilização para o design até a parte do empreendedorismo. Em parceria com o Sebrae Minas será oferecido também treinamento de controle financeiro e atendimento ao cliente.

A participação no projeto é gratuita e as inscrições devem ser feitas no site www.agregandoarte.com.br até o dia 27 de junho (terça-feira), 18h. São 20 vagas e a lista dos selecionados será divulgada no mesmo site.

Compartilhe com um amigo

Facebook
WhatsApp
Email