Imagem1

PROGRAMA VAI INSTRUIR INDÚSTRIA SOBRE FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL

No Leste de Minas, o Workshop acontece de forma presencial, no dia 30 de junho, no auditório da FIEMG, em Governador Valadares, de 9h às 12h  

Informar, instruir e sensibilizar empreendedores a respeito das melhores práticas ambientais, incentivando-os a obter a regularização de seus empreendimentos. Esses são objetivos do programa de Fiscalização Ambiental Preventiva na Indústria (FAPI) 2022, que ocorrerá de 21 a 30 de junho, em Belo Horizonte e nas Regionais FIEMG do interior do estado. Voltada a associados e não associados, a iniciativa chega à sexta edição e é resultado de uma parceria da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e a Polícia Militar (PMMG). As inscrições são gratuitas podem ser feitas neste link. No Leste de Minas, o workshop acontece de forma presencial, no dia 30 de junho, no auditório da FIEMG Regional Rio Doce, em Governador Valadares, de 9h às 12h.

O programa contempla as etapas de orientação, fiscalização e monitoramento. A primeira envolve a realização de workshops em BH e nas nove regionais da Federação, com a participação de representantes da Semad e PMMG. Esses encontros vão orientar industriais a respeito do desenvolvimento de atividades de maneira ambientalmente correta, conforme o analista ambiental da Gerência de Meio Ambiente, Adriel Andrade Palhares.

As empresas que aderirem ao programa terão acesso ao Selo Digital de empresa participante do FAPI e poderão ter algumas atenuantes de acordo com o Decreto Estadual nº 47.383/2018, como por exemplo redução em 50% no valor da multa simples para empreendimento sem dano ambiental e redução em 30% no valor da multa simples para empreendimento com dano ambiental.

“A empresa que aderir ao FAPI terá acesso ao acompanhamento técnico e jurídico pela Gerência de Meio Ambiente da FIEMG, além da orientação sobre documentos e dados necessários para o recebimento da fiscalização dos órgãos estaduais”, disse o analista.

Caso o participante do programa receba algum auto de infração, o valor da multa pode ser reduzido em até 50%. O atenuante está previsto no artigo 85 do Decreto Estadual n° 47.383/2018, observou Palhares. “As últimas edições do programa demonstram também que os índices de infrações gerados foram baixos dado do caráter orientativo do Fapi. A média de autuações foi de aproximadamente 3,51%”, acrescentou Adriel Palhares.

Os segmentos selecionados pela Semad e Polícia Militar para a fiscalização este ano são:

– Indústria de produtos alimentares e sucroalcooleira (fabricação de produtos de laticínio, exceto envase de leite fluido);

– Indústria de produtos cosméticos e perfumaria;

– Indústrias de couros, peles e produtos similares; (cadeia completa);

– Siderurgia com redução de minério.

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Agenda de convergencia
Cenibra
Sindcomércio Vale do Aço
Cenibra 3
AAPi
WR
Unimed
Usiminas
Cenibra 02
Usisaude 2
Usisaude 1
Usisaude 3
Cenibra 105 mil
Agasalho 2022