OBRA DE JOSÉ BENTO EM EXPOSIÇÃO GRATUITA NO CENTRO CULTURAL USIMINAS

Na próxima quinta-feira (3/8), a exposição “A Qualquer Fagulha” inicia sua temporada em Ipatinga. A mostra de trabalhos do artista José Bento prossegue até 16 de setembro, com entrada gratuita, na Galeria Hideo Kobayashi, no Centro Cultural Usiminas. A exposição, realizada pela Eletra Serviços Culturais, com patrocínio da Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, e apoio do Instituto Usiminas, pode ser vista de terça a sábado, das 12h às 20h.

“A Qualquer Fagulha” conta com curadoria de Rafael Perpétuo e Clarice Steinmüller, e assistência de Vitor Moreira. A exposição apresenta obras emblemáticas de José Bento, já expostas na Bienal de São Paulo, do Mercosul e de Benin.

Nascido em Salvador, José Bento se apresentou ao mundo da arte na década de 80 com a produção de maquetes artísticas. A partir dos anos 1990, se dedicou às grandes esculturas, principalmente de madeira, explorando a organicidade natural e a transformação da matéria. Atualmente, tem obras expostas em acervos públicos do Museu de Arte da Pampulha, da Pinacoteca do Estado de São Paulo, do Instituto Itaú Cultural e do Museu Nacional de Belas Artes, além de coleções internacionais públicas e privadas.

“Ele talvez seja o último dos artistas contemporâneos escultores na acepção clássica da palavra. José Bento trabalha o desbastamento da matéria para produzir suas obras, ainda que isso se expanda para os limites que a arte de hoje pede: ele vai para a fotografia, vídeo e outras linguagens. Não há outro artista como ele”, afirma Rafael Perpétuo.

O curador conta, ainda, que a exposição resulta de mais de dois anos de trocas com o próprio artista. “Pensamos primeiro na relação das obras com sua origem intrínseca: as árvores e uma ideia de ecologia política. Ao lapidarmos, nos aprofundamos em duas questões: o fogo e o ar. Em anos recentes, vimos a Amazônia pegando fogo e as pessoas morrendo sem conseguir respirar. Para ter fogo, precisa haver oxigênio. Há um compromisso entre os elementos. Então, trazemos a Ipatinga essas questões que convidam o público a refletir”, destaca Rafael.

“É um privilégio hospedar obras de José Bento na Galeria do Centro Cultural Usiminas; uma exposição que nos ajuda a refletir sobre o nosso papel no mundo como agentes de transformação. A mostra cumpre um papel importante, oferecido pela Usiminas desde a criação do Instituto, há 30 anos, que é investir em formas de democratizar, cada vez mais, o acesso à arte”, afirma Penélope Portugal, diretora do Instituto Usiminas.

Escolas e grupos de visitantes poderão conhecer a exposição “A Qualquer Fagulha” por meio da visitação mediada pela Ação Educativa do Instituto Usiminas. Para escolas públicas, há ainda a possibilidade de ônibus gratuito. O agendamento já pode ser feito pelo WhatsApp (31) 98437-3330.

Serviço:
Exposição: “A Qualquer Fagulha” – José Bento
Data: 3 de agosto a 16 de setembro
Local: Galeria Hideo Kobayashi, no Centro Cultural Usiminas, em Ipatinga (MG)
Funcionamento: de terça a sábado, das 12h às 20h (entrada gratuita)
Para agendamentos de escolas e instituições basta entrar em contato com a Ação Educativa do Instituto Usiminas pelo número: WhatsApp (31) 98437-3330.

keyboard_arrow_up