IMG_3944

LIDERANÇAS DA AGENDA DE CONVERGÊNCIA COMEMORAM REABERTURA DE AEROPORTO

Lideranças da Agenda de Convergência para o Desenvolvimento do Vale do Aço (ACVA) prestigiaram nesta quarta-feira, 1º/12, a reabertura do aeroporto regional que estava fechado desde maio de 2020 por conta da pandemia, e permaneceu paralisado neste ano para reformas.

De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), foram alocados recursos da ordem de R$ 13,2 milhões para as obras, dos quais R$ 12 milhões oriundos de repasse da União, por meio da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) e R$ 1,2 milhão de contrapartida do Estado.

O vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant, participou da reativação do aeroporto e reconheceu o potencial da região. “A reabertura do aeroporto, bem como outras ações como a duplicação da BR-381 e perspectivas de ferrovias, colocará o Vale do Aço dentro da rede econômica de Minas Gerais e do país. O meu desejo com a retomada das operações do aeroporto é o relançamento da região ao lugar de destaque que sempre mereceu estar. Mesmo com algumas questões logísticas, o Vale do Aço tem grande relevância e tem condições de ser uma das locomotivas de nosso estado”, avaliou o vice-governador.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) autorizou a retomada dos pousos e decolagens de aviões para voos privados e comerciais. O terminal é atualmente administrado pelo Governo de Minas Gerais e recentemente sob gestão também da Infraero.

“Aguardamos ansiosamente por essa reativação que impacta diretamente no desenvolvimento da região. Nossa expectativa é de que nos próximos meses possamos receber investimentos para expansão, elevando a categoria do aeroporto, para que ele tenha autorização para o pouso e decolagem de aeronaves maiores, além da possibilidade de aumento da frequência semanal dos voos, já elencados no plano diretor”, endossou o presidente da FIEMG Regional Vale do Aço e coordenador da Agenda de Convergência, Flaviano Gaggiato.

Bruno Morato, prefeito de Santana do Paraíso, declarou que a retomada do aeroporto, traz a democratização do transporte aéreo. “Estamos em contato com a Azul para tentar melhorar as tarifas”, afirmou.

Ainda de acordo com o prefeito, o aeroporto precisa ainda receber alguns ajustes para que ele suba de categoria e tenha condição de ter mais pousos e decolagens. “Assim poderemos trazer outras companhias aéreas porque, para a economia, a concorrência é salutar”, frisou.

Luciano Araújo, coordenador do eixo Infraestrutura da ACVA, vê com otimismo esse novo momento. “A reabertura do aeroporto é um marco importante para a retomada do desenvolvimento econômico da nossa região permitindo a conectividade do aeroporto regional do Vale do Aço a Confins e de lá para outras regiões do país e do mundo, além da mudança de categoria, proporcionando o recebimento de outros voos, criando uma concorrência e ampliando e criando novas oportunidades de negócios”, concluiu.

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Agenda de convergencia
Cenibra
Sindcomércio Vale do Aço
Cenibra 3
AAPi
WR
Unimed
Usiminas
Cenibra 02
Usisaude 2
Usisaude 1
Usisaude 3
Cenibra 105 mil
Agasalho 2022