IMG-20231227-WA0046

Ipatinga:Duas tempestades intensas em 48 horas

*Em menos de 48 horas Ipatinga sofre com duas tempestades intensas*

*Diversos bairros foram atingidos e pontos de alagamentos geraram engarrafamentos. Equipes municipais se desdobram para restabelecer condições de tráfego e apoio para regiões mais afetadas*

Apesar de uma previsão de 30mm de chuva para esta quarta-feira (27), Ipatinga enfrentou mais uma tempestade sem precedentes no início da noite, amargando o transbordamento do ribeirão Ipanema e alagamentos em várias ruas e avenidas. Os pluviômetros monitorados pela Defesa Civil do município registraram uma precipitação recorde de 52mm em apenas uma hora, um volume inédito na história da cidade.

Equipes de várias secretarias municipais, com apoio de empresas parceiras, atuam para amenizar pontos de inundação.

Os principais locais afetados foram Iguaçu, Jardim Panorama, Veneza, Caravelas e Centro.

Os resquícios do temporal de terça-feira também contribuíram para o agravamento da situação, já que mais de 100 árvores tombaram ou foram arrancadas pela impetuosidade dos ventos, sem tempo hábil para todas as remoções de materiais.

Entre outras regiões, o tráfego ficou caótico sobretudo próximo ao viaduto da Vila Ipanema, devido ao grande fluxo de veículos pela BR-458.

Felizmente, até o momento não há registro de vítimas, mas apenas danos materiais.

As instalações do Centro Esportivo e Cultural 7 de Outubro também foram alagadas.

A administração municipal estima que pelo menos dez dias serão necessários para devolver à cidade as condições de normalidade em sua rede viária urbana, já que ainda há muito trabalho a ser executado mesmo em consequência da tempestade com vendaval que caiu na madrugada de terça-feira (26).

O prefeito Gustavo Nunes determinou o máximo de empenho para que os transtornos sejam amenizados e convocou vários grupos para ações de manutenção, socorro e revitalização da cidade.

Atenção: a recomendação é para que, havendo qualquer situação de emergência, seja acionada a Defesa Civil pelo 199 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Compartilhe com um amigo

Facebook
WhatsApp
Email