Projeto de Musicalização da Associação Amor Azul atendeu crianças autistas em Timóteo (2) (1)

FUNDAÇÃO APERAM INVESTE EM INICIATIVAS SOCIAIS

Ao todo, 31 instituições receberam recursos para promover iniciativas que propiciem a melhoria das condições de vida de comunidades no Vale do Aço e no Vale do Jequitinhonha

A 12ª edição do Edital de Projetos Fundação Aperam Acesita selecionou 31 organizações sociais, sem fins econômicos, para o desenvolvimento de ações sociais no Vale do Aço e no Vale do Jequitinhonha, localizadas nas áreas de influência e abrangência/atuação da Aperam South America e da Aperam BioEnergia. O aporte para investimento total foi de aproximadamente R$800 mil para projetos que serão executados a partir de janeiro de 2024.

As oito instituições sociais do Vale do Aço assinaram os convênios para receber os recursos na última segunda-feira (08/1); e no Vale do Jequitinhonha, a parceria com as 23 instituições foi firmada na tarde da última quarta-feira (10/1).

Os projetos selecionados são alinhados aos focos: Educação, Meio Ambiente, Geração de Trabalho e Renda, Cidadania e Direitos Humanos. A lista com as entidades selecionadas está disponível nos sites: brasil.aperam.com e www.aperambioenergia.com.br.

“Criamos o Edital de Projetos em 2012, apoiando na época apenas oito projetos. Nesta edição estamos aportando recursos apoiando 31 instituições investindo aproximadamente 800 mil, com iniciativas de realidades muito diversas. Este salto reafirma o nosso compromisso de fortalecer e incentivar instituições com iniciativas que promovam a melhoria da qualidade de vida e desenvolvimento das comunidades onde a Aperam e a Aperam BioEnergia estão inseridas”, detalhou Venilson Vitorino, presidente da Fundação Aperam Acesita.

Superando limitações
Por meio do Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita 2022, a Associação Amor Azul promoveu o Projeto Sol+Eu com sessões gratuitas de musicoterapia e musicalização para 40 crianças autistas com idade entre 4 e 9 anos. “O processo terapêutico foi todo feito junto com as famílias. As crianças conheceram instrumentos musicais e os diferentes sons, trabalhamos a percepção auditiva, estimular a interação social por meio da música e o desenvolvimento e expressão corporal”, detalhou a musicoterapeuta do projeto Polyana Pérez.

Mãe de Davi Lucas Souza Martins, de 6 anos, a dona de casa Nislene Rodrigues de Souza Martins observou melhoria na interação social e na autonomia do filho com a musicoterapia. “Meu filho participou de todos os exercícios com muita alegria no olhar. No fim do projeto, participamos de um lindo recital. Me emocionei muito com a apresentação. Nos preparamos para subir no palco juntos, mas ele subiu sozinho, autoconfiante, superando suas limitações. Sou muito grata a este projeto pela contribuição no desenvolvimento do Davi”, declarou Nislene.

Em 2023, a Associação Amor Azul foi contemplada com recursos para executar o projeto Ativamente, voltado para crianças de 7 a 12 anos.

Novas conquistas
No Vale do Jequitinhonha, a Associação Mulheres Unidas por Capelinha (Assomuc) foi contemplada com recursos do Edital de Projetos Fundação Aperam Acesita em 2021, com o projeto Costurando Pontes, que confecciona produtos de cama e mesa; e em 2023, com o projeto Café com Panos, iniciativa que possibilitará a criação de uma loja/ café, onde serão vendidos os produtos confeccionados pela associação e saboreando um café com quitanda. Nos dois projetos citados, em média, 20 mulheres são diretamente envolvidas e beneficiadas.

“Editais como os da Aperam são como luz pra nós da Assomuc, que vivemos tão longe de grandes centros em que políticas públicas não chegam como deveriam. Podemos enumerar diversas conquistas, desde empoderamento e autonomia financeira das mulheres, uma vez que elas passam a se cuidar e se desenvolverem”, enfatizou a presidente da Assomuc, Maria Vanda Alves Pereira.

Compartilhe com um amigo

Facebook
WhatsApp
Email