DSC_0145

EXPOCOOP CELEBRA O DIA DE COOPERAR

Uma grande corrente de solidariedade tomou conta do Vale do Aço. Entre os dias 6 e 9 de julho, a comunidade prestigiou a ExpoCoop e celebrou o Dia de Cooperar (Dia C). A feira, de iniciativa da Unimed Vale do Aço e com patrocínio master do Sistema Ocemg, teve sua primeira edição e reuniu 6 grandes cooperativas da região.

Criado pelo Sistema Ocemg, em 2009, com o objetivo de contribuir, através do voluntariado, com o desenvolvimento social das comunidades e transformar realidades, elevando a qualidade de vida das pessoas, o Dia C está alinhado ao 7º princípio cooperativista “Interesse pela Comunidade”, em prol de transformações sociais. Com abrangência nacional, o Dia C tem como tema “Atitudes simples movem o mundo”. No Vale do Aço, as cooperativas desenvolvem o princípio da intercooperação com a realização de projetos de responsabilidade social desenvolvidas pelo comitê de representantes das cooperativas da região.

Logo na entrada do evento, os visitantes puderam demonstrar a solidariedade doando 1kg de alimento não perecível. Todo o alimento arrecadado será destinado a instituições socioassistenciais do Vale do Aço.

Para o estande do Dia C, montado pela Consul, Sicoob Vale do Aço, Sicoob Cosmipa, Sicoob Copesita, Sicoob Credicom e Unimed Vale do Aço, um jogo de argolas dava aos participantes a chance de ganhar brindes. A ideia do game era acertar o maior número de argolas em uma mesa com várias estrelas, e de acordo com o número de pontos marcados, o participante ganhava um brinde.

“A ExpoCoop, além de ser um espaço para cooperativas da região mostrarem seu modelo de negócio, também é uma grande corrente de solidariedade. Desenvolvendo o 6º princípio do cooperativismo, que é a intercooperação, as cooperativas do Vale do Aço no ano de 2022 completam 13 anos de atuação em comum no desenvolvimento de projetos de Responsabilidade Social. Cooperativas de diferentes ramos desenvolvem nesse ano o projeto “Intercooperação do Bem”, como uma proposta de mitigar os impactos da pandemia do Covid-19 nas instituições socioassistenciais do Vale do Aço, além de capacitar crianças e adultos no que se refere aos princípios e importância do cooperativismo”, destacou Kátia Brito, analista de RH da Unimed Vale do Aço.

Ciclo de palestras

Além da feira, a Intercooperação do Bem também trouxe para a comunidade duas palestras, realizadas no Espaço Cinquentenário, no Unileste. A primeira foi conduzida pela Storytelling Flora Manga, que de forma lúdica, ensinou sobre o cooperativismo para aproximadamente 200 crianças da Escola Municipal Dom Leris Lara e Escola Municipal Maria da Penha Lima, ambas de Coronel Fabriciano.

Já a segunda palestra foi ministrada pelo assessor institucional do sistema Ocemg, Geraldo Magela da Silva, com o tema “Cooperativismo Instrumento de Geração de Trabalho e Renda”. O evento reuniu colaboradores e gestores das cooperativas da região, que aprenderam mais sobre a doutrina e a filosofia cooperativista, a sua importância, a sua relevância e o papel que o cooperativismo tem hoje no contexto internacional, no Brasil e em Minas Gerais.

“As cooperativas vêm desenvolvendo um trabalho espetacular, e o maior reflexo disso é tudo o que ocorreu durante esse período pandêmico que nós vivenciamos e o papel delas nesse período. Por meio dessa palestra, venho reforçar a importância do cooperativismo, o que é esse movimento, esse modelo societário, como funciona, a sua pertinência no contexto da humanidade. De como o cooperativismo se fundamenta em bases doutrinárias e filosóficas. Como, por meio de seus resultados econômicos, ele promove um desenvolvimento sustentável na perspectiva social”, explicou o assessor institucional.

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email