José Maria Facundes - Foto Emmanuel Franco (2)

ENTIDADES PATRONAIS TENTAM FREAR AUMENTO DOS ALUGUÉIS

O IGP-M, índice de reajuste dos aluguéis, já acumula 37% nos últimos 12 meses e afeta, de forma negativa e desproporcional, milhares de empresários e famílias no país que dependem de locação comercial e residencial. A aplicação de um valor superior a 30% vai de encontro à realidade econômica brasileira, uma vez que não retrata a inflação anual real. A análise é do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço.

O Sindcomércio e outros 24 sindicatos patronais do Brasil entendem a situação como grave e tomaram medidas judiciais urgentes que buscam decisão jurídica favorável à substituição do IGP-M pelo índice IPCA, para que o reajuste dos aluguéis acompanhe de forma real e coerente a escala inflacionária do país. “O IGP-M está extremamente alto em relação aos demais índices de atualização monetária. Os sindicatos patronais se uniram e procuraram ouvir especialistas tributários e economistas, que fizeram análises sobre o tema, e, com base nestes estudos, ingressaram com processos junto ao Supremo Tribunal Federal”, explica José Maria Faucundes.

À luta das entidades empresariais, somou-se o apoio do Partido Socialista Democrata (PSD), que entendendo a grave situação dos locatários no Brasil, legitimou-se como autor da demanda. Dessa forma, os sindicatos passaram a integrar as ações judiciais na condição de “amicus curiae”.

Manutenção financeira

“A substituição do IGP-M por um índice mais real dará às partes do contrato de locação melhor equilíbrio, possibilitando as empresas se manterem financeiramente para o exercício de suas atividades. Os sindicatos empresariais estão confiantes na vitória e continuarão atuando na defesa de seus representados, de maneira a beneficiar a manutenção e o desenvolvimento das atividades econômicas comerciais do país”, complementou Facundes.

Na foto de capa: Facundes defende a substituição do IGP-M pelo IPCA para que os reajustes acompanhem a escala inflacionária do país Foto: Emmanuel Franco

Outras informações sobre o pleito das entidades patronais estão disponíveis em www.naoigpm.com e por meio das redes sociais do Sindcomércio.

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Agenda de convergencia
Cenibra
Sindcomércio Vale do Aço
AAPi
WR
Unimed
Usiminas
Cenibra 02
Usisaude 2
Usisaude 1
Usisaude 3