Equipe Guilhotinadas

CSFX É MEDALHA DE OURO NA OLIMPÍADA NACIONAL EM HISTÓRIA DO BRASIL

Estudantes do Colégio São Francisco Xavier, em Ipatinga-MG conquistaram medalhas de ouro na 13ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Devido à pandemia, a cerimônia de premiação foi realizada ontem (12/09), de forma virtual.

No total, 90 grupos receberam medalhas, sendo 20 de ouro, 30 de prata e 40 de bronze. A final contou com 414 equipes de 99 cidades de todos os estados. Eles participaram de seis fases on-line da competição, além da final onde realizaram uma prova dissertativa também de forma virtual.

Segundo a estudante Ana Júlia Dornelas – integrante da equipe “Guilhotinadas”, que conquistou a medalha de ouro, participar da ONHB é uma experiência incrível. “O trajeto que a gente percorre, desde a primeira fase até a final, aborda narrativas de relevância extraordinária na história do nosso país, e aprender sobre essas coisas é muito prazeroso. Valeu a pena cada questão resolvida e cada fase que completamos. Ser agraciada com uma medalha de ouro em uma olimpíada da dimensão e da relevância da ONHB é surreal, foi difícil acreditar quando os resultados saíram, fiquei sem palavras. Ver nosso esforço ser reconhecido é uma sensação incrível, mas nada disso teria se concretizado se não fosse pelo excelente time de professores que nos ajudou desde o início”, disse.

Preparação para a vida

De acordo com a Superintendente da Fundação Educacional São Francisco Xavier, Solange Liége Santos Prado, as olimpíadas de conhecimento ou científicas são competições que acontecem em nível nacional e internacional e visam medir e premiar o conhecimento de estudantes desde o Ensino Fundamental até o início do Ensino Superior. “Ganhar “OURO” na ONHB, mais do que a premiação, o legado dessa oportunidade está na preparação para a vida. Ao decidir participar de disputas do tipo, os alunos passam a se dedicar com mais afinco a determinado assunto, a se aproximarem de uma rotina de teste de concurso, a ter disciplina, organização, foco e, ainda, a desenvolver novas habilidades. Por isso, incentivar a participação em olimpíadas é pensar no futuro dos alunos e incentivá-los a valorizar o meio científico e identificar talentos nas mais diversas áreas do conhecimento. Mas, este também é um importante caminho para o ingresso nas universidades”, destaca.

A Superintendente ainda completa: “além do próprio aprendizado inerente à preparação, a conquista da medalha é um empurrão no futuro acadêmico e profissional”, disse.

Neste ano, a ONHB recebeu inscrições de 9,3 mil equipes formadas por alunos dos 8º e 9º anos do Fundamental e do Ensino Médio. A competição teve início em maio com a realização de seis fases on-line em que os participantes responderam a questões de múltipla escolha e realizaram tarefas.

 

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Agenda de convergencia
Cenibra
Sindcomércio Vale do Aço
AAPi
WR
Unimed
Usiminas
Cenibra 02
Usisaude 2
Usisaude 1
Usisaude 3