IMG_3618

CONECTA DEBATE AS TRANSFORMAÇÕES DO TRABALHO E AGENDA ESG

Em dois dias de evento, quatro horas de debate, temas que afetam desde o futuro do trabalho, às tendências e impactos da agenda do momento, o ESG, pautaram o Conecta 2021 que concluiu mais uma edição de sucesso.

O evento que já entrou para o calendário da indústria é idealizado e promovido pela FIEMG Regional Vale do Aço em parceria com a Aperam, ArcelorMittal Monlevade, Cenibra e Usiminas. Este ano, assim como no ano passado, o evento foi totalmente on-line e gratuito e aconteceu nos dias 10 e 11/11, através do YouTube.

“Hoje mais do que nunca, as empresas têm um grande compromisso com a coerência entre o discurso e a ação. Estejam receptivos às transformações do trabalho e a nova agenda, ESG, sigla que temos ouvido com frequência e que tem sido utilizada para avaliar empresas de acordo com seus impactos e desempenho em três áreas: meio ambiente, social e governança corporativa”, justificou Flaviano Gaggiato, presidente da FIEMG Regional Vale do Aço.

Na oportunidade ele agradeceu pela concretização de mais um evento. “Gostaria de agradecer a todos que se inscreveram, aos nossos palestrantes, diretoria e corpo técnico das indústrias âncoras pela parceria com a FIEMG Regional Vale do Aço na promoção deste evento de alto nível no âmbito industrial”.

Estreante no Conecta e com vasta experiência, Alexandre Teixeira, jornalista, escritor e cofundador da ODDDA [O Dia Depois De Amanhã], abordou “o presente do trabalho”, o momento atual de transição para o pós-pandemia, no contexto em que estamos operando hoje, tendências para os próximos meses e anos e um grande desafio prático de gestão trazido pelo modelo híbrido, que combina trabalho presencial e virtual e que tende a ser predominante.

“Estamos em um ponto de virada na história da organização do trabalho. Nunca houve uma transformação tão rápida quanto a atual. A pandemia é uma aceleradora de partículas comportamentais. Voltar ao “velho normal” não é uma opção. O futuro é híbrido”, endossou.

Profissional do Futuro  

Andreza Otto, Gerente das Unidades SENAI de Ipatinga e Timóteo, conduziu a mesa redonda: “Profissional do Futuro – É hora de se preparar para a transformação do trabalho” que contou com a participação do Diretor de Recursos Humanos da APERAM – Rodrigo Heronville; da Gerente de Atração ArcelorMittal Longos Brasil –  Sílvia Hermenegildo Gomes; do Diretor Corporativo de Gestão de Pessoas e Inovação da Usiminas – César Bueno e do Coordenador de Assistência Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho da Cenibra – Wander Amâncio Teles.

“O Conecta traz um importante debate sobre o profissional do futuro e a preparação para a transformação do trabalho com novos modelos e desafios, principalmente, para as lideranças. O Senai, parceiro da Indústria na formação de mão de obra profissional, está alinhado com todas essas mudanças e empenhado para seguir levando valor para a indústria e a sociedade”, disse.

Para o Coordenador de Gestão e Tecnologias Ambientais da Gerência de Meio Ambiente da FIEMG, João Vitor Teixeira, temas extremamente relevantes para a indústria mineira foram debatidos nesta edição com foco na gestão dos recursos hídricos, trazendo à tona o pensamento de eficiência e otimização de processos.

Ele mediou o painel “Como Desenvolver Estratégias para Garantia dos Recursos Naturais” que contou com a participação do Especialista de Meio Ambiente da Cenibra – Sebastião Tomas Carvalho, do Analista de Meio Ambiente da ArcelorMittal Monlevade- Nelson Bolotari Júnior; do Gerente de Operação / Manutenção de Utilidades e Transporte Ferroviário da Aperam, Jadir Silva Júnior; e do Gerente Técnico de Energia e Utilidades da Usiminas, Ronaldo Mendonça Júnior que apresentaram ações do grupo técnico de gestão hídrica voltados para a eficiência hídrica.

As ações apresentadas elencam temas que convergem como o ESG, Ecoeficiência, Indústria 4.0 e tecnologias ambientais que são ferramentas e métodos disponíveis no mercado para atacar os principais problemas atuais, em especial a escassez de água.

“Para as empresas é muito interessante a troca de experiências e o benchmark para incentivá-las a ter processos mais otimizados. Para a sociedade é importante essa demonstração de ações com transparência. Iniciativas como essas, são fundamentais para a conscientização e garantia de um futuro mais sustentável”, reforçou.

Fechando a 4ª edição do Conecta, Paula Harraca, Diretora de Estratégia ESG, Inovação e Transformação do Negócio da ArcelorMittal Aços Longos Latam e Mineração Brasil ministrou a palestra ESG – Nova Agenda Mundial.

“Neste novo contexto em que vivemos, novas tendências, novas tecnologias e novos paradigmas emergem como oportunidades para implementarmos mudanças que irão impactar positivamente nosso modo de viver e de nos relacionarmos. A agenda de sustentabilidade é impulsionada neste cenário, projetando um futuro mais plural, inclusivo, justo e próspero.”

Harraca destacou que na ArcelorMittal, o compromisso de criar esse futuro realizando ações concretas vão desde ser a 1ª empresa do Brasil a plantar eucalipto para produção de carvão vegetal, passando pelos resultados das parcerias com academia e o ecossistema de inovação do país, até a concretização de projetos que permitirão alcançar a meta de neutralização de emissões de CO2 em 2050. “Nos reconhecemos como parte desse ecossistema que tem no meio ambiente, na temática social e de transparência sua prioridade e trabalhamos agora, para garantirmos o futuro que desejamos”, concluiu.

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Agenda de convergencia
Cenibra
Sindcomércio Vale do Aço
Cenibra 3
AAPi
WR
Unimed
Usiminas
Cenibra 02
Usisaude 2
Usisaude 1
Usisaude 3
Cenibra 105 mil
Agasalho 2022