_Fundação encerra primeira etapa do projeto Meninas - Empoderamento e Cidadania.

APERAM: FUNDAÇÃO ENCERRA 1ª ETAPA DO PROJETO MENINAS – EMPODERAMENTO E CIDADANIA

A Fundação Aperam Acesita encerrou a primeira etapa do projeto Meninas – Empoderamento e Cidadania, desenvolvido em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timóteo, por meio do Edital Fia 2020 da Fundação Itaú Social. O evento foi realizado na sede do Grêmio Recreativo da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Timóteo, reunindo participantes de ações promovidas nas regionais leste, sudeste, sudoeste e oeste, além de parceiros e autoridades.

O projeto Meninas – Empoderamento e Cidadania tem como objetivo potencializar a conscientização de seu público-alvo, meninas de 12 a 18 anos incompletos, sobre direitos de cidadã e estimular o seu protagonismo. Esse processo acontece a partir do desenvolvimento das potencialidades das adolescentes, de suas habilidades, do fortalecimento do papel de liderança em espaços formais e informais e consequentemente a conquista da equidade de gênero.

“Fomentar o protagonismo juvenil de meninas, dando a elas a voz de direito, garantindo um espaço que já pertence a essas adolescentes. Essa é a nossa missão, contribuir com o debate da equidade de gênero. Como o próprio nome do projeto já diz, “empoderando-as” para que estejam melhor preparadas para as oportunidades no decorrer da vida” discorre o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino.

Durante o evento, foram realizadas apresentações culturais, como música, dança e declamação de poemas. As participantes dessa primeira etapa do projeto deram seu depoimento sobre a experiência que tiveram com as ações. Adolescentes receberam certificado de participação no projeto. A aluna da Escola Municipal de Timóteo, Isabely Ketlen, foi uma das adolescentes que fez seu relato sobre o curso. “Sempre fui uma pessoa muito tímida. Fiquei muito apreensiva ao me inscrever no projeto, pois teria que me relacionar com outras meninas. Com a motivação dos meus pais, encarei o desafio, e hoje saio transformada, em público, contando um pouco de como foi a minha experiência”.

O projeto vai ao encontro do Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes do Município de Timóteo – 2016 / 2026, que aponta estratégias para contribuir com a transformação das crianças e adolescentes do município .

“No conselho encaramos desafios diariamente. Aprovar um projeto como o Meninas – Empoderamento e Cidadania é atender importantes necessidades das adolescentes do nosso município, contribuir com a transformação do presente delas em nome de um futuro melhor. Todo esse processo passa pelo incentivo e valorização da inclusão dessas meninas nos espaços de decisão nos quais estão inseridas”, ressalta a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timóteo, Neide Barbosa.

O Meninas – Empoderamento e Cidadania foi realizado com o apoio das escolas municipais do Limoeiro, Maria Aparecida Martins Prado, Novo Tempo, Escola CEC/MG, e das estaduais Leôncio de Araújo, Hilda Zauza e João Cotta de Figueiredo Barcelos.

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Agenda de convergencia
Cenibra
Sindcomércio Vale do Aço
Cenibra 3
AAPi
WR
Unimed
Usiminas
Cenibra 02
Usisaude 2
Usisaude 1
Usisaude 3
Cenibra 105 mil
Agasalho 2022