Sugestão de Legenda - Alunos do Novo Tempo recebendo os kits (Fotógrafa - Luana Valeriano)

AJUDÔU ENTREGA KITS PARA 500 CRIANÇAS EM TIMÓTEO

Em inúmeras situações, as crianças não praticam esportes por não possuírem materiais esportivos adequados. Muitos sonhos são interrompidos. Para o Ajudôu o uniforme do atleta é parte fundamental na equação da inclusão social de crianças e adolescentes, levando dignidade, conforto, segurança e confiança para fazer o seu melhor.

Por isso, na última semana (15 a 19 de março), foi realizada a distribuição de 500 quimonos, 500 pares de chinelo, 500 garrafas para água e 500 cartilhas educativas para os 500 alunos atendidos pelo Projeto Ajudôu Timóteo. Além da entrega de 360 tatames para a prática das aulas de judô em 6 núcleos (E.M. Angelina, E.M. João Bolinha, E.M. Clarindo, E.M. Ana Moura, E.M. Novo Tempo).

Os materiais são fornecidos pelo Ajudôu, por meio da formalização do termo de fomento, assinado com Prefeitura Municipal de Timóteo, via edital da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Timóteo e o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), através de recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA).

“No ano passado participamos do edital de projetos do Conselho Municipal da Criança e Adolescente de Timóteo, ao qual nossos projetos foram todos aprovados. O resultado não poderia ser melhor, a alegria estampada na carinha deles, isso é cidadania e esse é o nosso trabalho. Temos muita responsabilidade na gestão dos recursos públicos , pois fazemos com transparência e qualidade na prestação de serviços”, conta Júlio César Lana Jaques.

O esporte como agente de transformação

O objetivo do Ajudôu é inserir o aluno no projeto e oferecer toda a estrutura necessária para o desenvolvimento na modalidade. Os resultados desse trabalho já estão sendo colhidos, segundo a diretora da Escola Municipal Angelina Alves de Carvalho, Cleunice Oliveira, os alunos ficam empolgados para as aulas. “Estou encantada com o comportamento dos meninos, o prazer que eles têm de fazer a aula. De manhã, eles já ficam doidos perguntando pelo professor, estão amando!”, declara.

Projeto Ajudôu pelo Brasil

A prática esportiva é crucial para o desenvolvimento físico e intelectual dos jovens, segundo o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), o esporte é de suma importância para a ampliação de atitudes e comportamentos em prol da igualdade de gênero, da promoção da inclusão e da superação de todas as formas de discriminação. Temas importantes que precisam ser  abordados com as crianças e adolescentes, visando seu crescimento saudável.

Desde 1995, a ONG Ajudôu fomenta o esporte para as minorias, a começar por Timóteo (MG), local onde a instituição foi fundada e prossegue seu trabalho. Atualmente, a atividade é promovida em 4 estados do Brasil; Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia e Pará.

“Tudo passa por um bom planejamento e uma boa estratégia em uma empresa e assim é o mesmo em uma organização do terceiro setor. Já estamos projetando nosso trabalho para 2023/2024, a fim de garantir a sustentabilidade dos nossos atendimentos a mais de 6.000 crianças e adolescentes em mais de 50 municípios do Brasil”, afirma o Fundador e Diretor Executivo do Ajudôu, Júlio César Lana Jaques.

 

Atenciosamente,

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email