100fe346-207f-40a4-ac5d-85c38ca795a3

AEROPORTO REGIONAL DO VALE DO AÇO GANHA EMENDA

O Aeroporto Regional do Vale do Aço contará em breve com o Plano Diretor Aeroportuário, o que permitirá sua completa reestruturação, além da expansão da capacidade atual de passageiros e incremento na capacidade logística do aeródromo. Tudo isso é garantido por meio de recursos de emenda parlamentar assegurada pelo Deputado Estadual Bartô (NOVO). O investimento total para a contratação do Plano é da ordem de R$100 mil.

Em sintonia com as pautas e prioridades do Governo de Minas Gerais, o Deputado Bartô identificou como necessária e relevante a contratação do Plano Diretor do Aeroporto Regional do Vale do Aço para o desenvolvimento do equipamento e da região. Por esforço do Governador Romeu Zema, a pista do aeródromo está em reforma e já está sendo preparada para expansão das atividades. Agregado à reforma da pista, o Plano Diretor Aeroportuário proporcionará o aquecimento e dinamização da atividade econômica do Vale do Aço, com a atração de novas empresas, bem como geração de emprego e renda.

Esse investimento de R$100 mil ao Aeroporto Regional, promovido pelo Deputado Bartô, é o ponto de partida para completa mudança do equipamento e consequentemente, para o beneficiamento de toda região do Vale do Aço. Com o Plano pretende-se alavancar os investimentos no Aeroporto; promover a sustentabilidade financeira com a expansão de serviços que irão aumentar a receita do equipamento; quebrar o monopólio das prestadoras de serviços que operam no Aeroporto; e integrar economicamente, de modo ainda mais robusto, o Vale do Aço com todo o Brasil.

A emenda já foi repassada para Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço – ARMVA, autarquia do Governo de Minas Gerais, que conduzirá o processo de contratação e acompanhamento da elaboração do Plano. A estimativa é que o Plano Diretor seja finalizado até o fim deste ano.

O Plano Diretor Aeroportuário

O objetivo da contratação do Plano Diretor Aeroportuário é a reformulação do Aeroporto Regional no médio e longo prazo. No desenvolvimento deste Plano, serão considerados os potenciais de desenvolvimento para melhor atendimento à região. Dentre os itens a serem analisados, destaca-se: necessidade de criação de novas pistas de pouso e decolagem, necessidade de áreas de taxiamento e manobras para aeronaves, adequação para atendimento de normas de segurança, ampliação do terminal de passageiros, viabilidade de implantação de hangares e terminal de cargas, dentre outras estruturas e infraestruturas que irão modernizar e readequar o aeroporto em conformidade com a relevância econômica do Vale do Aço possui dentro do estado de Minas Gerais e mesmo no Brasil.

Após aprovação do plano pelos órgãos competentes, como a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o Aeroporto Regional do Vale do Aço terá plenas condições de pleitear recursos federais, em especial verbas do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC).

Compartilhe com um amigo

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Agenda de convergencia
Cenibra
Sindcomércio Vale do Aço
AAPi
WR
Unimed
Usiminas
Cenibra 02
Usisaude 2
Usisaude 1
Usisaude 3