VIONNET SURGE DAS CINZAS

Nos anos 20, a loja de Madame Vionnet na Avenue Montaigne, em Paris, era considerado o templo da moda. Depois, caiu no ostracismo até que, em 2006 ela foi reativada sem muito sucesso, porém de uns anos pra cá, temos visto um certo burburinho em torno dela, um desejado revival da Vionnet, que culminou com a contratação de Hussein Chalayan como estilista da linha de Demi-Couture e, mais recentemente, também do prêt-à-porter, anunciado em 16 de setembro deste ano. Todo esse movimento tem um nome: Goga Ashkenazi, bilionária do Casaquistão que, em 2012, comprou uma participação majoritária na grife conhecida por sua moda etérea e arquitetônica. Bonita, exuberante e com apenas 35 anos, Goga não apenas virou a dona da Vionnet, mas também sua diretora criativa. Detalhe: ela não é estilista e sim empresária no ramo de gás, petróleo e minas de ouro.

Amiga íntima do príncipe Andrew, da Inglaterra, de Lapo Elkann, herdeiro da Fiat, e Saif Gaddafi (filho do ditador da Libia, morto em 2011), ela também é ex-mulher do bilionário Timur Kulibayev, com quem tem dois filhos (que moram com a mãe dela) e uma relação enrolada. Timur está hoje casado com a filha do presidente do Casaquistão e é o preferido para sucedê-lo. Vejam quem é e em que está apostando esta bilionária super bem relacionada: