USIMINAS: CAFÉ COM O PRESIDENTE

Com a elegância de sempre, o presidente da Usiminas, Sérgio Leite, recebeu a imprensa do Vale do Aço para uma conversa amena e esclarecedora acerca de diversos assuntos relativos à empresa.

Entre eles, falou sobre o futuro que tem que ser construído com as bases sólidas do hoje, porque nenhuma empresa está livre de quebrar; sobre a venda da mineradora sob o signo da U; sobre os investimentos de R$1 bi destinados a diversas ações, entre elas a reforma do alto-forno 3, marcado para 2021, que demandará R$60 milhões e que deverá gerar cerca de 1000 empregos temporários; sobre a sustentabilidade operacional, com adequação e modernização de equipamentos, inclusive de TI.

Enfim, INOVAÇÃO é a palavra de ordem para essa empresa que já passou por anos de glória e uma fase de quase derrocada, mas que se redescobriu e, apoiando diretrizes que o governo federal tem implantado, reconstruir, não em pouco tempo, o que foi destruído em tanto tempo.

O foco continua no mercado interno, mas Sérgio lamenta: “as exportações não são mais volumosas porque precisamos ser mais competitivos. Quando a China invadiu o mercado, os principais países do mundo lançaram medidas protecionistas. O Brasil não. A China desequilibrou todo o mercado”

E quanto às recentes mudanças no alto escalão da Usiminas, o presidente explicou que se trata de uma “job rotation”, sistema muito empregado em grandes empresas e que é aplicado aos principais cargos executivos, promovendo uma rotatividade em um tempo que varia de quatro a oito anos. E sobre isso, apresentou o novo diretor de produção, Américo Ferreira Neto, vindo da usina de Cubatão, que substituirá Roberto Maia, agora diretor Corporativo de Pesquisa, Propriedade Intelectual e Padronização de Tecnologia, na sede da empresa em Belo Horizonte.

Também entrou na job rotation Helton Muzzi, que era gerente-geral de Laminação a Quente em Ipatinga e substituirá Américo em Cubatão.

Participaram também da reunião o vice-presidente Industrial da Usiminas, Túlio Cesar Chipoletti, o diretor de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas, Luís Márcio Araújo Ramos, além da gerente-geral de Comunicação Corporativa e Relações Institucionais, Ana Gabriela Dias Cardoso.

O diretor de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas, Luís Márcio Araújo Ramos, adiantou para esta jornalista que a FSFX acaba de fechar a compra de um hospital em Ouro Branco.

Na foto de capa deste post, Américo, Sérgio, Túlio e Ana Gabriela