USIMINAS AMPLIA ATUAÇÃO DO CAMINHOS DO VALE

O sucesso das ações do programa Usiminas Mobiliza pelos Caminhos do Vale tem atraído cada vez mais municípios interessados. Para o ano de 2020, quinto de atuação, a Usiminas levará a iniciativa para 30 novas cidades da região Leste de Minas Gerais, totalizando 84 cidades beneficiadas*.

Desde sua criação, o Mobiliza pelos Caminhos do Vale é responsável pela recuperação de mais de 2,3 mil quilômetros de estradas rurais e, em conjunto com o Mobiliza Todos pela Água, pela revitalização de mais de 4 mil nascentes. Já são cerca de 2,8 milhões de toneladas de agregado siderúrgico aplicado, evitando o depósito do material em aterros, e 1,3 milhão de pessoas beneficiadas.

“Para este ano, a tendência é termos um salto nesses números com a chegada das novas cidades. Para nós, esse interesse em participar mostra que as iniciativas trazem benefícios efetivos para a população e têm capacidade de contribuir com o desenvolvimento sustentável de Minas Gerais, avalia Henrique Helcio, coordenador dos programas na Usiminas.

Helcio lembra, ainda, que um resultado relevante do programa para os atuais participantes chama atenção das prefeituras. “Nesse período com chuvas acima da média, as estradas rurais recuperadas se mantiveram transitáveis, evitando o isolamento das comunidades, que era comum anos atrás”.

Novas possibilidades

Além o uso nas estradas – já consolidado – a Usiminas está trabalhando em outra forma de uso do agregado siderúrgico. O material está sendo aplicado na construção de muros de gabião em uma obra de grande porte na Usina de Ipatinga.

Esse tipo de muro utiliza brita ou outras rochas, presas em uma caixa de arame, para a contenção de encostas, margens de rios, proteção de matas ciliares entre outros fins. O material menos compacto permite a passagem da água, evitando seu acúmulo e danos aos terrenos. O teste da Usiminas mostra que o agregado de maior granulometria pode substituir a brita nesse tipo de muro, evitando a retirada de rochas da natureza e reduzindo o custo da construção.

*Confira as cidades participantes do Usiminas Mobiliza pelos Caminhos do Vale em 2020 (os nomes sublinhados correspondem às cidades entrantes):

1.   Açucena

2.   Aguas Formosas

3.   Alpercatas

4.   Alvinópolis

5.   Antonio Dias

6.   Bela Vista de Minas

7.   Belo Oriente

8.   Bom Jesus do Galho – Revés

9.   Braúnas

10.               Bugre

11.               Cantagalo

12.               Capitão Andrade

13.               Caratinga

14.               Carmésia

15.               Coimbra

16.               Coroaci

17.               Coronel Fabriciano

18.               Córrego Novo

19.               Dionísio

20.               Divinolândia de Minas

21.               Dom Cavati

22.               Dom Joaquim

23.               Dom Silvério

24.               Dores de Guanhães

25.               Engenheiro Caldas

26.               Entre Folhas

27.               Fernandes Tourinho

28.               Frei Inocêncio

29.               Galileia

30.               Gonzaga

31.               Governador Valadares

32.               Guanhães

33.               Imbé de Minas

34.               Inhapim

35.               Ipaba

36.               Ipatinga

37.               Itabira

38.               Itambacuri

39.               Itanhomi

40.               Jaguaraçu

41.               Jampruca

42.               Jenipapo de Minas

43.               Joanésia

44.               Ladainha

45.               Malacacheta

46.               Manhuaçu

47.               Manhumirim

48.               Marilac

49.               Marliéria

50.               Matias Lobato

51.               Mesquita

52.               Naque

53.               Nova Era

54.               Paulistas

55.               Peçanha

56.               Periquito

57.               Piedade de Caratinga

58.               Pingo D’agua

59.               Poté

60.               Rio Casca

61.               Sabinópolis

62.               Santa Barbara do Leste

63.               Santa Maria de Itabira

64.               Santa Rita de Minas

65.               Santana do Paraíso

66.               São Domingos das Dores

67.               São Domingos do Prata

68.               São Geraldo da Piedade

69.               São João do Oriente

70.               São João Evangelista

71.               São José da Safira

72.               São José do Goiabal

73.               São Sebastião do Anta

74.               Sem Peixe

75.               Senhora do Porto

76.               Sobrália

77.               Taipé

78.               Tarumirim

79.               Timóteo

80.               Tumiritinga

81.               Ubaporanga

82.               Vargem Alegre

83.               Vermelho Novo

84.               Virginópolis

Foto de capa: estrada recuperada em Marliéria, obra com uso do agregado na Usina de Ipatinga.