UMA NOVA JACKIE O?

O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, quer promover sua mulher, Melania, como a ‘Jackie O for the 21st century’! Ao contrário da ex primeira dama, Melania, que é eslovena, não tem a cultura e nem é amante das artes como Jackie O, mas provavelmente irá fazer bonito onde pisar. A ex modelo, que conquistou Trump com seus contornos perfeitos e voluptuosos, irá inaugurar um tempo em que a beleza e as proporções físicas irretocáveis farão um bem danado à americana comum – aquela que faz par com o homem branco e pobre que elegeu Trump – sempre tão sem vaidade… Melania promete fazer história! Aos 45 anos, vai se tornar a segunda primeira-dama dos Estados Unidos nascida fora do país. A primeira foi a britânica Louisa, mulher de John Quincy Adams, presidente de 1825 a 1829. Ela se manteve discreta na maior parte da campanha do marido, 24 anos mais velho que ela, até chamar a atenção durante a Convenção Nacional do Partido Republicano, em julho. Na ocasião, enfrentou acusações de plagiar a primeira-dama atual, Michelle Obama.
Ela fala cinco línguas – esloveno, alemão, francês, sérvio e inglês.
Melania, que desembarcou nos EUA em 1996, apoiou inclusive as polêmicas declarações de Trump sobre imigrantes.
Melania é a terceira mulher de Donald Trump. Antes teve Ivana, com quem se casou em 1977 e, na década de 80, formavam um dos casais mais ricos, famosos e poderosos do mundo de negócios em Nova York.
Em 1992, protagonizaram um polêmico divórcio – o magnata tinha se apaixonado pela atriz Marla Maples, com quem se casou no ano seguinte. Eles tiveram uma filha, Tiffany, e se separaram em 1999. Em 2005, Trump se casou com Melania durante uma cerimônia em Palm Beach, na Flórida. Da união, nasceu o pequeno Barron, o integrante mais novo do clã.
A família se manteve unida em torno da mesma meta: eleger Trump presidente dos EUA.