UMA MESTRA NA ARTE DE VIVER

Poucas pessoas têm a sabedoria de fazer tudo o que querem da vida, tendo o tempo como abalizador de escolhas apropriadas. Minha prima querida e guru desde sempre, Sheila Paiva de Andrade, é assim: foi boa menina e estudante exemplar; depois adolescente engajada e enturmada que tirou de letra aquelas dúvidas todas dessa fase cantando bossa nova, namorando gente bacana e fazendo ótimos investimentos profissionais e instruindo-se em vários idiomas; como adulta, soube que o Eduardo seria seu par e com ele teceu uma vida de companheirismo e amor, presenteada com os filhos Tito e Guilherme, que agora lhe deram netos; foi excelente em todos os trabalhos que abraçou e, consequentemente. convidada para cargos de relevância inclusive como diretora da Hidroex no Brasil, braço da UNESCO voltado para a preservação das águas. Viajou pelo mundo várias vezes… Nascida em Itabira, viveu por longo tempo em Itumbiara/GO, onde foi agraciada com título de cidadania honorária e outras honrarias pelas ações culturais e sociais que empreendeu. Presidente da Academia de Letras da cidade, despediu-se de sua residência ali para viver um novo tempo de lazer, escrever um livro de memórias, voltar às aulas de canto, fazer hidroginástica e curtir os netos.
Ao longo de todos eses anos, Sheila vem conquitando amigos, muitos amigos. Senhora de vasto conhecimento, tem neles, os amigos, não um espelho de si, mas uma variadíssima galeria de personalidades as mais variadas, como que a enriquecer sua vida a cada encontro, cada conversa.
Sheila fez 70 anos no sábado-4. Linda, com os mesmos lindos olhos azuis e o jeito incisivo com que sempre defendeu suas idéias. Sem cirurgias plásticas, nem vaidades extremadas, mas de bem com o corpo e a mente, e com exercícios importantes para o que lhe interessa, como os encontros semanais com seu grupo de discussões filosóficas, claro.
Dela, escuto a frase que mexe com minha cabeça: “Eu não queria fazer 70 anos, mas não tem outro jeito…” Penso que tenho que correr para que ainda haja tempo pra viver com mais sabedoria. Com faz a minha guru!