UM CERTO AR BOHO, UMA CABEÇA IDEM

É um toque que nos leva para um outro lugar: vestidas de algodão, bordadas por fios que trançam caminhos, trançamos os cabelos em delicadezas, ornamos o colo, as orelhas, os dedos e os punhos com contas da terra – cristais, ouro, prata, turquesas, ônix e coral, preferencialmente -, mas o que vier será! Assim é a moda que dispensa desfiles, red carpeds, modismos. É essência e modo, é figurino e ideologia. Vestidas assim, vamos a qualquer lugar.