TRÂNSITO: FABRICIANO É A 1ª CIDADE MINEIRA A RECEBER “LAÇO AMARELO”

A Prefeitura de Coronel Fabriciano está engajada na promoção de um trânsito mais seguro e humanizado. Diante da participação ativa e ações permanentes em curso, o município é reconhecido como “Laço Amarelo”. O certificado é concedido pela ONG Observatório Nacional de Segurança Viária, e foi entregue ao prefeito Dr. Marcos Vinicius na manhã do último sábado, 22, durante a programação do Dia Mundial Sem Carro na cidade.

Coronel Fabriciano é o primeiro município de Minas Gerais a receber o certificado. “A certificação vem reforçar o nosso compromisso em construir uma cidade cada dia melhor. E isso passa por um trânsito mais seguro. Fabriciano cresceu sem planejamento. Por isso, temos que investir para modernizar a sinalização, melhorar as vias e qualificar o transporte coletivo. Também apostamos e investimos na educação das nossas crianças para formar motoristas e cidadãos mais conscientes no futuro”, reforça o prefeito Dr. Marcos Vinicius.

Na ocasião também foi assinado um termo com o Observatório para o desenvolvimento de ações conjuntas. Com isso, a cidade terá acesso a pesquisas, estudos, ferramentas de autoavaliação viária e materiais educativos da ONG para trabalhar a conscientização para um trânsito mais seguro durante todo o ano e reforçar os programas já em curso na cidade.

O Observatório Nacional de Segurança Viária atua como Organização Consultora Especial junto ao EOSCO (Conselho Econômico e Social) da ONU (Organização das Nações Unidas) para a Década Mundial da Segurança Viária e também está alinhado a seis dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO

Em maio de 2018, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou uma estimativa dizendo que o Brasil é o quarto país com maior número de mortes em acidentes automobilísticos na América. Além do prejuízo irreparável de vidas ficam pela estrada, o impacto na economia também é grande: R$ 56 bilhões por ano. Só em Coronel Fabriciano, segundo o Corpo de Bombeiros, são registrados cerca de 150 acidentes por mês.

Mitigar este problema é de suma importância. E para o representante do Observatório, Március D´Ávila, a educação para o trânsito é o caminho curto e seguro. “Só mudamos os números a com a mudança de comportamento. E só mudamos postura por meio da educação para o trânsito. Fabriciano sai na frente e é a primeira cidade do Estado a certificada como município ‘Laço Amarelo’”, comenta D´Ávila, elogiando a programação da Semana Nacional do Trânsito em Fabriciano.

NÓS SOMOS O TRÂNSITO

O Dia Mundial Sem Carro foi marcado por caminhada de conscientização pelo Centro. Ainda no sábado, a comunidade pode participar de diversas ações educativas, incluindo um simulador de acidentes, na Praça da Estação. As atividades integram a Semana Nacional de Trânsito, que encerra nesta terça-feira, 25, com mais uma blitz educativa, desta vez, na rua Maria Matos. Com o tema “Nós somos o Trânsito”, a programação realizada pela Prefeitura, por meio da Gerência de Mobilidade Urbana e Transportes, tem como objetivo conscientizar o cidadão da sua responsabilidade no trânsito, seja ele o condutor do veículo ou passageiro, ciclista ou pedestre.