PROCURA-SE EMPRESAS NO VALE DO AÇO

Sessenta empresas do setor metalmecânico de diversos municípios de Minas Gerais apresentaram seus produtos e serviços a Valmet, empresa paranaense, que atua mundialmente como fornecedora de tecnologia, automação e serviços para as indústrias de papel, celulose e energia.

Contratada pela Cenibra, a Valmet responsável pela melhoria do sistema de branqueamento e de alguns periféricos da operação de Belo Oriente, realizou nessa quarta e quinta-feira, dias 22 e 23/03, na FIEMG Regional Vale do Aço, através do Projeto Compre Bem, a prospecção de fornecedores com foco em setores de produção de caldeiraria; chaparia; elementos de fixação; usinagem; válvulas manuais e tubos e conexões em aço carbono. A empresa também negociou com fornecedores locais de serviços nas áreas de distribuição de materiais para construção civil, hidráulica e elétrica; distribuição de materiais de escritórios; supermercado; limpeza e segurança; combustível e distribuição de água mineral.

Para o analista de Relações Empresariais da FIEMG, Luiz Sérgio Martins Júnior, a iniciativa visa fomentar negócios. “Esse Compre Bem, especificamente, trará oportunidades para a região, principalmente, para as empresas do setor metalmecânico, gerando desenvolvimento e competitividade”.

Para o comprador técnico da Valmet, Marcos Silva, o nível das empresas atendidas superou as expectativas. “90% das empresas se enquadram no perfil da Valmet. Esse Compre Bem é focado na modernização da fábrica da Cenibra, mas nada impede dessas empresas tornarem fornecedoras em outros projetos da Valmet na América do Sul”.

De acordo com o comprador técnico, alguns requisitos são exigidos pela multinacional, que direciona seus negócios na sustentabilidade, o que exige dos fornecedores histórico de referências, experiência de mercado superior a cinco anos e o cumprimento das normas e requisitos legais e ambientais.

Willian Lima, superintendente comercial da Delp, localizada em Vespasiano, está otimista quanto à empresa. “Durante o atendimento descobrimos uma oportunidade de negócio através da nacionalização de empresas que a Valmet tem na Suécia e Finlândia. A expectativa é boa, a Valmet é uma potencial compradora da indústria metalmecânica”.

Já Marcelo Pizzi, diretor da M Metal Indústria Mecânica, localizada em Coronel Fabriciano, elogiou a iniciativa da FIEMG de aproximar comprador e fornecedor. “O Compre Bem facilita todo o processo de contato direto e cadastro na empresa. A M Metal tem todo know how na área de caldeiraria e usinagem, serviços que serão demandados pela Cenibra”.

Compre Bem

O Projeto Compre Bem é uma iniciativa do Instituto Euvaldo Lodi – IEL para auxiliar o processo de compras de uma empresa âncora. Segundo Rodrigo Vilhena, analista de projetos e líder do Compre Bem, o projeto funciona como um encontro de negócios.

“A proposta é gerar um ambiente de negócios proporcionando um atendimento mais personalizado aos fornecedores com data e horário pré-estabelecidos”, explica.

De acordo com o analista, o projeto foi todo planejado a partir de ações do Programa de Competitividade Industrial Regional – PCIR através da identificação de oportunidades para o setor metalmecânico, referência no Vale do Aço, para todo o Estado.

“Após a etapa de cadastramento e análise, as empresas serão monitoradas pela FIEMG através dos pilotos de envio de cotações, no intuito de efetivar os negócios, além da análise de fornecimento de curto, médio e longo prazo onde todos terão oportunidade, não só nesse investimento de Belo Oriente, mas em outros investimentos da Valmet , tanto no Brasil, quanto na América Latina, Venezuela e Chile”.

Os empresários que participaram do Compre Bem também tiveram a oportunidade de receber atendimentos nas áreas ambiental, através do Programa Minas Sustentável, linhas de financiamento, por meio do Posto de Informações BDMG/BNDES/Credifiemg e do cadastramento no Movimento Nova 381, serviços oferecidos pela FIEMG Regional Vale do Aço.