PERIGO: A BAYER COMPRA A MONSANTO

Este é o casamento dos infernos: a farmacêutica e companhia de produtos químicos alemã Bayer fechou acordo para a compra da norte-americana Monsanto, líder mundial dos herbicidas e engenharia genética de sementes, por US$ 66 bilhões.
O negócio encerra uma disputa de meses – após a Bayer aumentar a sua oferta pela terceira vez – e tem sido tratado como o maior do ano até agora. Trata-se também da maior compra realizada até hoje por uma empresa alemã.
Em comunicado, as empresas disseram que o “acordo de fusão definitiva” foi aprovado por unanimidade pelos Conselho de Administração da Monsanto, Conselho de Administração da Bayer e Conselho Fiscal da Bayer. O acordo cria uma empresa que dominará mais de um quarto do mercado mundial combinado para sementes e pesticidas em uma rápida consolidação da indústria de insumos agrícolas.

“A aquisição da Monsanto significa mais transgênicos e mais glifosato [herbicida Roundup] no campo, algo que os consumidores rejeitam”, disse a ONG Campact.
Na foto, abelhas são exterminadas por veneno em lavoura.