ISTO É MUITO CHIQUE!

Peças, itens, imagens. O que é chique extrapola o simples ver e chega à retina passando informações que na Semiótica chamamos de “primeiridade”: signos que trazem sensação, uma euforia que aparece. É a categoria da liberdade, da espontaneidade, não chega a ser consciente, quando pensamos nela já estamos na secundidade. Nada melhor que pensar nisso (pensou, já era!) numa sexta-feira que promete: