IPATINGA: RONALDO FRAGA E FILHO DE PORTINARI DETALHAM OBRA DO PINTOR

 

A vida e a obra de Candido Portinari vão conduzir o bate-papo com João Cândido Portinari e com o estilista Ronaldo Fraga, na próxima terça-feira (10/04), às 19h, no Centro Cultural Usiminas. Os participantes poderão ouvir relatos de histórias inéditas sobre o artista plástico e fatos sobre a criação da exposição “Candido Portinari – Releitura do Painel Civilização Mineira por Ronaldo Fraga” e de “O Brasil de Portinari”, segunda fase da exposição, aberta em março e que vai até o dia 5 de maio, na Galeria Hideo Kobayashi, no Centro Cultural Usiminas.

João é o único filho do maior pintor modernista brasileiro, fundador e diretor-geral do Projeto Portinari, também matemático e doutor em Engenharia de Telecomunicações. Ele é o responsável pelo acervo de mais de 5 mil peças do artista plástico. Já o estilista mineiro assina a curadoria da exposição de Ipatinga e traz a sua coleção de moda “O caderno secreto de Candido Portinari”, inspirada nas obras do pintor.

A exposição conta com o patrocínio exclusivo da Usiminas, com recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e da Lei Federal de Incentivo à Cultura, apoio institucional do Projeto Portinari, do Instituto Cultural Usiminas e produção executiva da Base Projetos Especiais.

Para Ronaldo Fraga, as histórias do Brasil se reacenderam com a construção da obra de Portinari no momento que o pintor redescobriu o seu país. “Foi na Paris de 1930, distante de sua terra, que Portinari se sentiu mais perto de sua gente e decidiu, a partir dali, retratar as belezas e mazelas de um Brasil rural e assim o fez por toda vida”, conta o curador da exposição, que retratou em sua coleção as cores e características do universo portinariano.

Penélope Portugal, diretora do Instituto Cultural Usiminas, fala da alegria e do privilégio para Ipatinga em ser a primeira cidade do interior a receber réplicas das obras de Portinari em uma exposição. “Estamos muito felizes em abrigar, temporariamente, na Galeria do Centro Cultural Usiminas esses dois gênios da cultura brasileira. Ronaldo Fraga e Portinari nos convocam a refletir, observar e dialogar sobre situações cotidianas do nosso Brasil”, declara.

 

As inscrições para participar do bate-papo com João Portinari e Ronaldo Fraga podem ser feitas com prévio agendamento na Ação Educativa, pelo telefone 31.3824-3731.

Guerra e Paz

Na última semana, os painéis Guerra e Paz, de 1956, de Candido Portinari, nortearam a oficina realizada no Ação Educativa do Centro Cultural Usiminas. Com o tema “Portinari – O Pintor da Paz – Por uma Cultura de Paz nas Escolas”. As atividades foram ministradas pela coordenadora do núcleo de arte-educação do Projeto Portinari, Suely Avellar, aos estudantes e educadores do Vale do Aço.

“A nossa arma é a arte. Nós podemos mudar a realidade das nossas escolas, das nossas cidades e do nosso país com o incentivo à cultura e com o conhecimento sobre arte. Portinari nos dá aula de cidadania e sobre a história no Brasil em cada uma das suas obras. E é possível, a partir deste legado, construirmos um novo país, com cultura e ensinamentos que possam fazê-lo prosperar”, declarou Suely Avellar durante a oficina destinada aos educadores.

O Brasil de Portinari

Na segunda fase da exposição Portinari, o público pode conhecer de perto 39 réplicas de Portinari, expostas na Galeria Hideo Kobayashi, do Centro Cultural Usiminas. As réplicas são divididas em seis módulos: “Histórico”, “Paisagens”, “Cultura Brasileira”, “Social”, “Cenas de Trabalho” e “Etnias Plurais”. Nesses ambientes, os visitantes poderão apreciar réplicas de famosas obras do artista como, “Descobrimento”, “Primeira Missa”, “Circo”, “Espantalhos”, “Retirantes”, “Brodowski”, “Pau Brasil” e “Cangaceiros”.

A coleção “O caderno secreto de Candido Portinari”, de Ronaldo Fraga, também está na Galeria Hideo Kobayashi com as cores, formas e traços do universo portinariano, assim como na primeira fase da exposição, realizada de 9 de janeiro a 11 de março.

O público visitante pode vivenciar experiências lúdicas e envolventes, com as visitas guiadas à exposição, orientadas pelos monitores especialmente capacitados para estimular leituras e reflexões da obra e da história de Candido Portinari.

Atividades com oficinas de arte referentes às obras da exposição são oferecidas a estudantes e professores. Esta ação é ministrada às turmas também previamente agendadas pela Ação Educativa, no Centro Cultural Usiminas.

SERVIÇOS

Bate-papo com João Portinari e Ronaldo Fraga

10 de abril (terça-feira) | 19h

Centro Cultural Usiminas

Agendamento Ação Educativa: 3824-3731

 

Exposição Candido Portinari

Releitura do Painel Civilização Mineira por Ronaldo Fraga | O Brasil de Portinari

Até 5 de maio de 2018 | Terça a sábado, 10h às 21h

Galeria Hideo Kobayashi –  Centro Cultural Usiminas

Entrada Franca