FIEMG RVA E ÂNCORAS ALERTAM SOBRE USO DO ÁLCOOL EM GEL

 Que o álcool em gel 70% é eficaz na prevenção do novo coronavírus, todos sabem. Mas vale destacar que o manuseio desse produto exige certos cuidados.

Visando orientar a população quanto ao uso e cuidados com o álcool em gel, o Comitê Integrado Covid-19 Vale do Aço, coordenado pela FIEMG e composto pela Aperam, Cenibra, Usiminas, Vale, Fundação São Francisco Xavier (FSFX) e Unimed Vale do Aço por meio, do subgrupo de Medicina Ocupacional lançou nessa quarta-feira, 27/05, uma campanha para abordar o tema.

Evonei Pereira, coordenador médico da Aperam, ressalta que todo o cuidado é pouco. “Acidentes têm sido corriqueiros. Recebemos vários relatos de queimaduras, principalmente, nas mãos. Nosso objetivo com essa iniciativa é usar esses exemplos e evitar que aconteça com outras pessoas. Nesse período de quarentena os acidentes domésticos aumentaram consideravelmente. Precisamos ligar o alerta e ficarmos atentos, principalmente, com as crianças”, justifica.

Para o presidente da FIEMG Regional Vale do Aço, Flaviano Gaggiato, a prevenção é o melhor caminho para o combate à pandemia. “ Ficar em casa, quem puder, lavar as mãos e usar álcool em gel são as formas mais indicadas para prevenir da contaminação, mas devemos estar atentos quanto ao uso correto, como: não deixar o frasco de álcool em gel dentro do carro, não utilizá-lo próximo ao fogão e não deixar ao alcance de crianças, essas são algumas orientações dessa campanha”, disse.

Recentemente o comitê realizou uma campanha sobre o uso de máscara. Aprovado pelo governo de Minas Gerais e a Assembleia Legislativa, o projeto de lei n.º 1.661/2020 torna obrigatório o uso de máscara em espaços públicos e estabelecimentos comerciais em todo o estado. A medida terá validade enquanto durar a pandemia do novo coronavírus.