FIEMG: O DIA V E O DESAFIO ESTUDANTIL

Centenas de pessoas reuniram-se na manhã do último domingo, 28, no Parque Ipanema, com um único objetivo: se doar a alguma causa. A comemoração pelo Dia do Voluntariado, ou Dia V, realizado há 16 anos pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – FIEMG Regional Vale do Aço ofereceu à comunidade uma vasta programação.

O evento teve inicio às 8h com a tradicional caminhada de valorização do trabalho voluntário, seguida de homenagens, apresentações culturais e musicais e diversas atividades gratuitas, entre elas: oficina de currículos, orientações sobre saúde, corte de cabelo, coleta de óleo, papel e lixo eletrônico, pintura facial e feira solidária.

Grata pelo gesto do Senai – Unidade Ipatinga, em doar 300 peças de roupas confeccionadas pelas alunas do curso de aprendizagem industrial, Danilma Nascimento, coordenadora pedagógica do Abrigo e Centro de Convivência Maria Maria, ressalta a importância da ação que beneficiará cerca de 120 crianças . “Essas doações são muito importantes e bem vindas para a continuidade do nosso trabalho. Só assim conseguimos atender nossas crianças que estão em risco e que passam dificuldade”.

O evento proporciona parcerias que promovem o bem estar social. Um exemplo é o Projeto “Fios de Amor” desenvolvido pela Fundação São Francisco Xavier – FSFX, por meio da sua Unidade de Oncologia com cabeleireiros de Ipatinga, objetivando a melhoria da auto estima dos pacientes oncológicos, através da doação de perucas. A partir desse ano, com apoio do Senac, Fecomércio e da FIEMG Regional Vale do Aço, criar-se-á o banco de perucas do Vale do Aço com oficina de perucaria totalmente subsidiado por ações de voluntariado com efeito multiplicador.

“Nosso objetivo é ajudar a resgatar a auto estima de quem passa pelo tratamento contra a doença, em conjunto com profissionais da saúde, da área da beleza e de pessoas que cortaram e doaram seus cabelos para serem transformados em perucas”, explica a coordenadora do grupo de voluntários da FSFX, Gabriela Santos.

Roberto Maia, diretor da Usiminas, elogiou a iniciativa da FIEMG e a importância de pautar as ações durante todo o ano. “É importante lembrar que as instituições têm demandas especificas, é interessante que tenhamos conhecimento para termos ações mais assertivas”, declara.

Desafio Estudantil

Entusiasta, Luciano Araújo, presidente da FIEMG Regional Vale do Aço, parabenizou o trabalho dos voluntários e reforçou que apesar da falta de recursos e das dificuldades enfrentadas, o Dia V continua no Vale do Aço.

Na oportunidade ele lançou o desafio estudantil, uma competição para as escolas do Vale do Aço. A escola e o aluno que obtiverem o maior número de cadastros no Movimento Nova 381 serão premiados com um kit multimídia (projetor e caixa de som) e um tablet, respectivamente. Vale ressaltar que o desafio encerra no dia 7 de outubro com a premiação dos vencedores.

Para o coordenador do Movimento Nova 381 a ideia é aumentar em 20 mil o número de cadastros.

Atualmente o Movimento conta com cerca de 35.500 cadastros e o apoio de diversas entidades. “Nós contamos com o empenho de todos para transformar a rodovia da morte em rodovia da vida e do desenvolvimento, através da conscientização dos nossos jovens”.

As inscrições e o regulamento do desafio estudantil podem ser acessados pelo site www.fiemg.com.br/Regionais/vale-do-aco
Mais informações através do telefone 31 3822-1414.