FIEMG COMPETITIVA: A INDÚSTRIA NÃO PODE PARAR

O Programa FIEMG Competitiva mudou e agora as empresas podem participar dos treinamentos e assessorias sem se deslocarem. Serão três eixos temáticos: Finanças, Gestão e Mercado e a metodologia oferecida vai de lives até assessorias virtuais. As empresas que quiserem participar devem entrar em contato com o sindicato de seu setor. O investimento é de R$ 600,00 para empresas filiadas aos sindicatos e R$ 1.500,00 para não associados.

A nova forma de atendimento vem a encontro da situação de isolamento e paralisação que o país passa devido à pandemia do COVID-19. A crise vem se agravando diariamente e diversas empresas tiveram suas atividades interrompidas abruptamente, o que tem causado enormes transtornos e prejuízos.

Segundo um estudo realizado pela gerência de Economia da FIEMG, no melhor dos cenários uma paralisação de 30 dias no setor industrial deve acarretar uma perda de 370 mil empregos e de 10% no PIB. “É sempre importante lembrar o poder transbordador da indústria. Para se ter uma ideia, a cada R$ 1,00 produzido na indústria são gerados R$ 2,40 na economia brasileira. Mais do que nos setores de agricultura, comércio e serviços”, afirma Thadeu Chaves Tolentino, gerente de Projetos para a Indústrias da FIEMG.

Tolentino conta que a medida em que a necessidade de isolamento social for diminuindo, as ações presenciais do FIEMG Competitiva vão aumentando. “A nossa meta é atender ao menos 600 indústrias mineiras”, pontua ressaltando que o trabalho será realizado junto com os sindicatos empresarias e Assessoria de Relações Sindicais. “Mais do que nunca é o momento de todos trabalharem juntos”, diz o gerente.

O programa FIEMG Competitiva é uma iniciativa da FIEMG que tem o objetivo de apoiar a manutenção das micro, pequenas e médias indústrias.