FESFX INVESTE EM PROJETO EDUCACIONAL PIONEIRO

Instituição desenvolveu solução com tecnologia de ponta para proporcionar aos alunos alto padrão de qualidade nos ensinos presencial e on-line

Desde o início da pandemia, a Fundação Educacional São Francisco Xavier (FESFX) vem promovendo uma série de investimentos, de forma a acompanhar a evolução tecnológica e assegurar a continuidade de suas atividades com segurança, agilidade e qualidade. Nesse sentido, a Fundação Educacional fez um aporte de mais de R$ 1,5 milhão em um pioneiro projeto tecnológico e educacional.

Para garantir a máxima segurança durante e pós-pandemia, a FESFX adaptou as salas de aula de suas unidades transformando-as em “salas híbridas”, “Implementamos o que há de melhor em solução tecnológica para oferecer uma educação de qualidade e interativa. Nosso objetivo é tornar a experiência na sala de aula híbrida mais significativa e dinâmica”, comenta Solange Liége dos Santos Prado, Superintendente da Fundação Educacional São Francisco Xavier.

A proposta para o retorno às aulas consiste em estabelecer um rodízio de alunos para reduzir as aglomerações e garantir proteção à saúde de todos. Nessa perspectiva, a Fundação Educacional São Francisco Xavier (FESFX) apresenta estratégias que combinam atividades presenciais e não presenciais.

De acordo com a Pedagoga em Tecnologia e Inovação da Fundação São Francisco Xavier, Giscelle Roque Andrade da Silveira, dentro da proposta pedagógica foram investidos recursos em tecnologia de ponta e todo o parque tecnológico da Instituição. “Mesmo de forma remota os alunos têm acesso a todas as metodologias pedagógicas disponibilizadas pela instituição”, explica.

Salas Híbridas

Para implantar as salas híbridas, a Fundação investiu em solução tecnológica, garantindo robustez e praticidade aos professores, aos estudantes e às famílias, principalmente neste momento de pandemia.

Foram adquiridas lousas digitais touch screen de 80 polegadas, câmeras de alta definição, microfones, notebooks, sistemas de iluminação e sonorização, kits multimídias, câmeras de segurança, construído um estúdio de gravação, ampliada a infraestrutura de internet, além da implantação da plataforma “Fala aí Saúde”, que monitora o estado de saúde de alunos e professores.

“Estamos com tudo preparado! Testamos a solução tecnológica com os nossos professores e alunos com resultados surpreendentes. Nosso objetivo é inovar e garantir a qualidade de ensino na transmissão das aulas ao vivo”, ressalta Solange.

Além das ações tecnológicas, a FESFX implantou os melhores protocolos de segurança contra a COVID-19, em parceria com a Fundação São Francisco Xavier e a Usiminas, como sinalização das unidades, testagem em massa para todos os alunos e colaboradores, além, da disponibilização de EPIs, rotina planejada e espaços readaptados. Tudo pensado nos mínimos detalhes, para garantir a máxima segurança da comunidade escolar.

Retorno das aulas

O retorno deverá ter estrita observância às medidas de proteção e restrição sanitárias estabelecidas. “O protocolo da FESFX recentemente foi entregue à Vigilância Sanitária. Nosso alvará está atualizado e estamos preparados para este retorno presencial. Tão logo a vigilância sanitária libere o retorno presencial, as aulas acontecerão no modelo híbrido, contando também com acesso remoto, conforme aconteceu no ano de 2020. Utilizando as mesmas plataformas e recursos. A FESFX está pronta para este retorno.”, conta Solange.

O retorno seguirá o seguinte calendário: na Educação Básica (Baby Care, Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, Ensino Médio): 1/2/21 para os novatos; 2/2/21 – novatos e veteranos. No Colégio São Francisco Xavier  Técnico e Faculdade, os veteranos iniciam no dia 1º/2/21 e os novatos no dia 8/2/21.