EM BONS LENÇÓIS

Esta notícia é pra dona de casa caprichosa, pra noiva encantada, pra executiva que adora ver seu moderníssimo apê envolto em conforto, para o homem que tem seu espaço de viver lindo e acolhedor. Pra você, Raquelita! Pra você, Raquelito! E quem me apresentou ao produto foi a querida Karina Condé, da loja de enxovais Damiani Home, do Shopping Vale do Aço.

Quando for comprar roupa de cama e banho, fique atenta se o(a) vendedor(a) falar que o algodão pima é a novidade do momento em maciez e leveza. É isso e muito mais: super resistente e de fácil manutenção, pode ser lavado na máquina e não forma bolinhas. O tecido é usado em pijamas e roupas de cama.O algodão pima é bem menos conhecido do que o algodão de fio egípcio, mas a qualidade deste tipo de algodão, hoje cultivado principalmente no Peru, é muito superior.

O nome “pima” foi lançado em homenagem aos índios Pima, que ajudaram a plantar e produzir este tipo de algodão no campo experimental do Arizona (EUA). Oficialmente é uma especie de algodão derivado da nova versão do algodão de fibra extra longa introduzido nos EUA por volta de 1900 (após inúmeros cruzamentos de mudas do algodão egípcio com outros algodões americanos), mais especificamente em 1918.

O algodão Pima é cultivado hoje principalmente nos vales do norte do Peru, onde, graças a presença de temperaturas estáveis ao longo de todo o ano e a particular luminosidade do ambiente, consegue uma melhor adaptação. A combinação de solo, semente, e microclima fez com que o algodão pima peruano tenha a fibra mais fina e mais longa do mundo, só comparável à de algodão egípcio, conhecido cientificamente como Gossypium Barbadense. Apesar de ser uma fibra longa e fina, algodão Pima também é mais forte do que a maioria dos outros algodões, tornando a roupa mais durável. Tem uma excelente resistência embora seja extremamente fina e sua cor natural é um branco cremoso. É extramente valioso por essas características e por isso é colhido manualmente pelos camponeses para preservar as fibras.

O Algodão Pima peruano destaca-se principalmente pela maciez natural e brilho de suas fibras. Além disso, a adequada condição de uniformidade permite a produção de fios extrafinos para confeccionar tecidos de qualidade e suavidade excepcionais, não forma bolinhas, mantendo suas propriedades originais mesmo após várias lavagens. Os produtos tem um custo mais elevado devido a sua alta qualidade e escassez de matéria prima, uma vez que o Peru não possui um território tão extenso e precisa do tempo para plantar, florescer e colher.