ECOAR INICIA PROJETO COM ESPETÁCULO CESARIANA

A partir desta quinta-feira(22), o público do Vale do Aço terá mais uma opção de atividade cultural. Trata-se do projeto “Cena em Tempo” do Espaço Cultural Ofício e Arte, que está localizado na Avenida José Anatólio Barbosa, 1385, no bairro Limoeiro, na cidade de Ipatinga. O objetivo do projeto “Cena em Tempo” é realizar regularmente no local a apresentação de espetáculos teatrais, através do formato de temporada; o que consiste na ampliação dos dias de apresentações de um mesmo espetáculo, criando maiores oportunidades para que o público tenha acesso a este bem cultural.

“O projeto surge de um desejo antigo meu e do Marrione Warley (Diretor Artístico do ECOAR), em criar um espaço para apresentações continuas de espetáculos; tanto de produções nossas quanto de outros artistas. O formato de temporada teatral é uma pratica comum em algumas capitais do País. Acreditamos que através deste projeto contribuiremos para a implementação, no Vale do Aço, de outros formatos de acessos à cultura. O que contribuirá para o amadurecimento dos trabalhos artísticos através do exercício continuo e para a formação de novas plateias”, afirma Mati Lima.

Primeira produção do ECOAR, o espetáculo “Cesariana”, que estreou no dia 11 de Agosto no palco do Centro Cultural USIMINAS irá inaugurar o projeto. O mesmo ficará em cartaz no ECOAR, do dia 22 de agosto a 08 de setembro, com apresentações de quinta-feira a sábado às 20h e no domingo às 19h. Os ingressos antecipados podem ser adquiridos por R$ 5,00 na bilheteria do próprio espaço até uma hora antes de cada apresentação. Após serão adquiridos a R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada).

Com texto e atuação de Mati Lima; Direção de Marrione Warley e Supervisão Artística de Adão de Faria,”Cesariana” tem ainda no elenco os atores Daniel Farias, Diogo Dias e Nick Viana.

SINOPSE

“Cesariana” é o desenrolar de um novelo de recordações, ocasionado por um incidente, que induz um sujeito a interrogar-se sobre sua relação conflituosa com um membro de sua família. Que barreiras construímos diante do medo de nos tornarmos um reflexo do outro? Equilibrando-se entre realidade e ficção, o trabalho, ambientalizado no “teatro performativo”, marca as comemorações de 20 anos de carreira do artista ipatinguense Mati Lima, completados em 2019.