DIA DOS PAIS ANIMA EMPRESÁRIOS

Abrindo o calendário de datas comemorativas do comércio no segundo semestre do ano, o Dia dos Pais, que será celebrado no próximo dia 9, tem gerado expectativas de boas vendas para as empresas de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo, mesmo com a insegurança e os impactos negativos provocados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O funcionamento ampliado das lojas nas vésperas da data já está definido nas três cidades, o que contribuiu para o otimismo.

“Novos produtos nas vitrines e promoções são atrativos a mais que devem alavancar o consumo, sobretudo em empresas de roupas, calçados, perfumes e eletroeletronicos, que são setores que estarão mais aquecidos. No entanto, todos os segmentos são impactados positivamente pela data”, analisa José Maria Facundes, presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço.

Guilherme Veiros, da loja All Play, no Centro de Ipatinga, referenda o que o dirigente sindical pontua. “Apesar de a minha empresa ser 100% feminina, o Dia dos Pais tende a aumentar as vendas pelo fato de sempre atrair mais pessoas às ruas. Acreditamos que o consumo nos dois sábados que estão por vir deve representar pelo menos 20% de todo o faturamento do mês”, explica o empresário.

 

Novas mercadorias

Já o comerciante Marcos Rogério, da tradicional Miami Imports, no Centro-Norte de Timóteo, observa que as pessoas estão sendo orientadas a não sair de casa e evitar aglomeração, o que, consequentemente, deve se traduzir em menos confraternizações de Dia dos Pais. “Assim mesmo, acreditamos que vamos vender bem, pois já há algumas semanas estamos comprando novas mercadorias. Entendemos que o cliente que vier à loja precisa encontrar o produto que deseja”, diz.

 

Artigos masculinos

Por sua vez, Kátia Paiva, da loja Portfólio (FOTO de capa deste post), empresa que tem unidades em Ipatinga e Timóteo, afirma que uma data comemorativa sempre se mostra uma boa chance de fomentar as vendas. “Já estamos nos preparando há alguns dias, dando prioridade aos artigos masculinos nas redes sociais e listas de transmissão. Acredito que teremos um bom resultado, talvez com um ‘ticket médio’ menor do que nos anos anteriores”, prevê. Segundo ela, o comércio já vinha menos aquecido mesmo antes da pandemia. “A Covid-19 agravou ainda mais a situação econômica dos empresários, mas acredito que ainda assim teremos bons dias de venda, uma vez que o presente pode também ser uma demonstração de afeto, até para quem precisa estar mais distante”, conclui.

 

Liquidações

José Maria Facundes, presidente do Sindcomércio Vale do Aço, ainda acrescenta que o Dia dos Pais coincide com as liquidações de inverno e que, tradicionalmente, o ‘ticket médio’, ou seja, o valor que cada pessoa deve gastar ao ir às compras, varia de R$ 70 a R$ 100. “Para 2020, apesar de todos os percalços, iniciativas como a liberação de valores do FGTS e os auxílios emergenciais podem ajudar no aumento do consumo neste Dia dos Pais. Depois de tantos problemas, acreditamos que os próximos meses podem ser mais positivos para o comércio”, finaliza.

 

Horário

Em Ipatinga, nos próximos dois sábados (1º e 8/8), as empresas têm autorização para abrir das 8h às 18h. Segunda, quarta e sexta (3, 5 e 7/8), poderão funcionar das 8h às 20h. Permanecerão fechadas na terça e quinta, podendo operar com sistema de delivery. Em Coronel Fabriciano, o funcionamento ampliado do comércio está autorizado há meses: das 8h às 22h, de segunda a sexta, e das 8h às 18h aos sábados. Já em Timóteo, na próxima semana, de segunda a sexta, as lojas poderão funcionar das 9h às 19h. No sábado (9), a abertura será das 9h às 18h.