CORRIGINDO A PRESBIOPIA COM SEGURANÇA

A cada dia, os óculos ganham status de objeto de desejo por sua beleza e, principalmente, porque as grandes marcas internacionais descobriram neles um filão a mais para ganhaR rios de dinheiro. Hoje são tops, e um modelo assinado é capaz até de dar um up no look.

Mas… a Presbiopia, também conhecida popularmente como vista cansada, não tem esse glamour… É um processo progressivo, relacionado à perda da habilidade do olho em focalizar objetos próximos (chamada acomodação). A presbiopia é a razão pela qual os óculos de leitura se tornam necessários por volta dos 40 anos, mesmo para pessoas que sempre apresentaram boa visão para longe e perto, sem óculos.

O Dr. CARLOS COTTA, do NÚCLEO AVANÇADO DE OFTALMOLOGIA (veja endereços e telefones no fim do texto) esclarece que, conforme o cristalino envelhece, ele se torna mais rígido, perdendo a capacidade de mudar sua forma. A perda desta acomodação se manifesta pela dificuldade progressiva de focalizar objetos a curta distância (presbiopia) sem piora ou alteração da visão de longe.

Visão com Presbiopia
A presbiopia se desenvolve progressivamente com a idade, mas se manifesta clinicamente entre 40 e 45 anos quando a habilidade de acomodar a distância de leitura (35 a 40 cm) é perdida.

Diagnóstico

Oficialmente, a presbiopia é diagnosticada através de exame detalhado, realizado pelo oftalmologista, com o objetivo de excluir outras patologias oculares concomitantes. Exames complementares são muitas vezes necessários para excluirmos a catarata, o glaucoma e doenças da retina.

Tratamento
A presbiopia pode ser corrigida com óculos de leitura ou com a parte de baixo de bifocais ou multifocais. Neste caso, a parte de cima pode conter a correção para longe, se o paciente precisar. Alguns pacientes míopes com presbiopia simplesmente removem os óculos para ler, pois não precisam acomodar quando não estão corrigidos para longe. Pacientes com presbiopia podem apresentar ou irão, eventualmente, desenvolver catarata, uma condição também relacionada ao envelhecimento do cristalino.

Cirurgia a laser para presbiopia
A cirurgia a laser pode corrigir a miopia, hipermetropia e o astigmatismo em pacientes com vista cansada. Acima dos 40 anos, caso o grau seja totalmente corrigido para longe em ambos os olhos, o paciente necessitará de óculos para a leitura. A forma mais utilizada para eliminar ou diminuir a necessidade dos óculos para perto com a cirurgia a laser, chama-se monovisão. Para isso, corrige-se totalmente o grau de um dos olhos para focalizar longe e o outro deixa-se um pouco míope para dar visão para perto. A pequena diferença de grau entre os olhos é, em geral, rapidamente compensada pela adaptação cerebral.

Em pacientes hipermétropes, o aumento da curvatura (asfericidade) da córnea após o laser também auxilia a visão para perto. Se a pessoa costuma fazer leitura prolongada, recomendam-se óculos complementares para letras muito pequenas, principalmente em condições onde a iluminação é baixa. Em pacientes com graus elevados ou com catarata inicial, pode-se indicar a substituição do cristalino por implante de lentes multifocais que proporcionam boa visão para perto e para longe.

As unidades do Núcleo estão no Vale do Aço:

Em Ipatinga: (31) 3824-6040
R. Palmeiras, 834, Horto, 35160-311

Em Coronel Fabriciano: (31) 3842-7288
R. Argemiro José Ribeiro, 42, 5º andar
Ed. Albert Sabin, Santa Helena, 35170-00