COMÉRCIO OTIMISTA: É O DIA DOS NAMORADOS CHEGANDO

Lojas funcionarão até as 17h no sábado. Maioria das compras deve ser paga à vista e em dinheiro, aponta pesquisa

Tradicional por movimentar praticamente todos os setores do comércio, o Dia dos Namorados será celebrado na próxima segunda-feira (12). Dois dias antes, no sábado (10), as lojas de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo funcionarão até mais tarde, das 9h às 17h, conforme definido em Convenção Coletiva firmada entre as entidades que representam os comerciários e os empresários. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço, 49% das empresas da região acreditam que as vendas para a data serão melhores em 2017 com relação ao mesmo período do ano passado.

“Além de trazer movimento para grande parte das lojas, o Dia dos Namorados também sensibiliza consumidores de diversas faixas de idade e renda. Cabe ao empresário oferecer produtos atuais e com bons preços, aproveitando as oportunidades geradas pela data”, aconselha José Maria Facundes, presidente da entidade patronal.
Segundo a pesquisa realizada pelo Sindcomércio junto a lojistas das três principais cidades do Vale do Aço, o “valor afetivo da data”, os novos produtos e os investimentos na visibilidade das lojas deverão garantir vendas melhores este ano. Os empresários disseram que, como medidas para melhorar o desempenho do comércio, investiram – principalmente – em promoções e liquidações, em propagandas e em um atendimento diferenciado.

Gasto médio
Para 36,2% dos comerciantes entrevistados pela entidade, quem for às ruas realizar compras para a data estará disposto a gastar, em média, de R$ 100 a R$ 200. “Se há alguns anos nove em cada 10 clientes optavam por fazer suas compras com o cartão de crédito parcelado, agora a opção da maioria tem sido pelo pagamento à vista em dinheiro”, diz Facundes, informando que, para o Dia dos Namorados, os lojistas preveem que 86,9% das compras deverão ser pagas desta forma.

Setores
Por último, o presidente do Sindcomércio lembra que não só lojas mais tradicionais de calçados, roupas, eletrônicos e perfumaria, por exemplo, estarão movimentadas, mas também bares, restaurantes, hotéis e outros prestadores de serviços precisam estar atentos nos próximos dias. “O Dia dos Namorados fecha o calendário promocional do 1º semestre, gerando um grande ambiente de negócios. A classe empresarial está otimista”, conclui.