CARNAVAL: É PRA CAIR NA FOLIA?

Para uns, Carnaval é apenas sinônimo de dias de folga do trabalho e querem distância de grandes aglomerações. Para outros, é a época mais aguardada do ano e não veem a hora de se fantasiar e dançar ao som das marchinhas.

Para aproveitar a data da melhor maneira e de acordo com seu estilo, o Voopter –buscador de preços de passagens aéreas– indica alguns destinos nacionais e internacionais.

Para os foliões de plantão, uma boa pedida é pular o Carnaval em cidades brasileiras que já tem tradição em celebrar essa festa. Passar a data no Rio de Janeiro é um clássico, já que a cidade é dominada por bloquinhos e bandas de rua, além dos famosos desfiles de escola de samba na Sapucaí.

Salvador, na Bahia, é outro ícone do Carnaval brasileiro e atrai mais de um milhão de turistas na época. Ao som do axé, os principais festejos acontecem em trios elétricos nos circuitos Dodô (Barra-Ondina), Osmar (Campo Grande-Avenida Sete) e Batatinha (Centro Histórico).

Ainda no Nordeste, Olinda (PE), pertinho do Recife, também é cheia de tradições carnavalescas. Conhecida por seus bonecos gigantes, a cidade ferve o dia todo, principalmente no centro histórico e na Cidade Alta, ao som de frevo, gênero típico de Pernambuco.
Por fim, em Minas Gerais há o Carnaval de Ouro Preto. A cidade histórica fica lotada de jovens, universitários e turistas, que percorrem dia e noite suas ladeiras fantasiados entoando marchinhas.

Para quem procura uma festa, mas quer algo mais alternativo e diferente da maioria dos blocos carnavalescos, há outras opções. Em Paraty (RJ) acontece o Bloco da Lama, em que os foliões se lambuzam de lama nos manguezais e desfilam pelas ruas no sábado de Carnaval. Recife (PE) promove o Rec-Beat, festival de música alternativa, onde já se apresentaram Emicida, Cordel do Fogo Encantado, Criolo e Tom Zé.

Outro festival bacana é o Psicodália, no município de Rio Negrinho, em Santa Catarina (o aeroporto mais próximo é o de Joinville). Também dedicado à música independente, o evento este ano terá shows de Ney Matogrosso, Céu, Di Melo, entre outros, além de exibição de filmes, peças de teatro e atividades infantis.

Já em Curitiba, os turistas poderão se esbaldar no Pshycho Carnival e curtir punk rock e rockabilly. No domingo, ainda acontece a tradicional Zombie Walk no centro da cidade, onde as pessoas também se fantasiam, mas com trajes um pouco mais macabros.
Fonte: https://viagem.catracalivre.com.br