BLACK FRIDAY MOVIMENTA COMÉRCIO ANTES DO NATAL

A penúltima sexta-feira de novembro, no próximo dia 23, promete ser de muito movimento no comércio do Vale do Aço. Será o dia em que as lojas da região intensificarão as promoções e ofertas da Black Friday, com descontos que podem ultrapassar 50%, informa o Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço. De acordo com levantamentos feitos pela entidade, a maioria dos consumidores que for às ruas estará disposta a gastar valores superiores a R$ 500. A expectativa, também conforme o Sindcomércio, é de um acréscimo nas vendas na semana da Black Friday de pelo menos 25% em relação ao volume rotineiro.      

 

Segundo o presidente do sindicato, José Maria Facundes, se antes havia uma preocupação com relação aos chamados “descontos maquiados”, com lojistas aumentando os preços nas semanas anteriores à Black Friday para depois abaixá-los, esta não é mais uma realidade que deva tirar o sono dos consumidores. “Algumas empresas chegaram a ter essa prática, mas tiveram a reputação manchada e hoje entendem qual é o real objetivo da ‘sexta-feira negra’: oferecer promoções efetivas e descontos imbatíveis”, garante o dirigente sindical.

Facundes observa os muitos potenciais que podem ser explorados na Black Friday, uma vez que se trata de uma oportunidade, por exemplo, de as lojas fortalecerem sua presença no mercado. “Imaginemos um comércio que abriu as portas em 2018, ainda não muito conhecido entre os consumidores. Se esta empresa consegue criar uma promoção estratégica, como oferecer um item de alto valor agregado e muito desejado com um excelente desconto, poderá atrair dezenas de pessoas e tornar-se muito mais presente no nicho em que atua”, analisa o presidente do Sindcomércio.

 

Cuidados

José Maria Facundes lembra que as ações que envolvem a Black Friday devem ser planejadas, pois o comerciante não deve estipular descontos aleatórios. “É hora de analisar custos, margens e artigos com maior e menor procura. Muita gente vai estar nas ruas para já antecipar as compras de Natal”, explica o presidente do sindicato, acrescentando que a ‘sexta-feira negra’ tem sido muito positiva há anos, alavancando as vendas fora dos períodos que tradicionalmente já são bons para o comércio, como os dias das Mães e Namorados.

Por último, o dirigente sindical comenta que a Black Friday é mais uma oportunidade que o empresário tem de fazer girar seus produtos, deixando para o Natal somente as novidades e lançamentos.

 

Campanha

O Sindcomércio Vale do Aço iniciou, na 2ª semana deste mês, uma campanha incentivando as lojas a aderirem à Black Friday. Via redes sociais e e-mail marketing na Internet, o sindicato orientou os empresários e produziu peças publicitárias. Ainda foram e continuam sendo distribuídos cartazes promocionais nas lojas de Ipatinga, Fabriciano e Timóteo.

   

História

É conhecida como Black Friday (Sexta-feira Negra, em inglês), o dia em que é inaugurada a temporada de compras para o Natal com significativas promoções nos mais variados segmentos do comércio. A iniciativa, que surgiu nos Estados Unidos, foi realizada pela primeira vez no Brasil em 2011, totalmente online. Com os bons resultados, as lojas físicas aderiram à ideia.