APERAM AMPLIA ATUAÇÃO COM INOVAÇÕES EM PRODUTOS E NOVAS APLICAÇÕES DE AÇOS ESPECIAIS

A busca pela qualidade e a inovação devem caminhar lado a lado para que as empresas alcancem cada vez melhores resultados e sigam evoluindo em seus produtos e serviços. Na Aperam, a longa trajetória que se aproxima dos 76 anos sempre foi norteada pela inovação e a missão de levar ao mercado novas soluções que tenham seus aços especiais como base. Pelas mãos dos empregados e pesquisadores da Aperam nasceram nos últimos anos importantes produtos, materiais e equipamentos que ganharam projeção nacionalmente e internacionalmente, em áreas como o agronegócio, setor energético, de transporte, entre muitos outros segmentos.

A empresa mantém há 25 anos um centro de pesquisa próprio na cidade de Timóteo, com laboratórios equipados com tecnologia de ponta, além de uma equipe, em São Paulo, dedicada ao estudo de novas aplicações para ampliar o uso de aços especiais no mercado brasileiro. Anualmente, a Aperam investe 18 milhões de euros, globalmente, no setor de pesquisa e desenvolvimento, que são destinados à modernização de equipamentos, instalações, novas tecnologias e para estudos realizados internamente. Por meio de um time de mais de 40 empregados focados em inovação, foi criado, por exemplo, o aço inox Endur 300, lançado pela Aperam em 2019. “O Endur é um marco, pois não há nada parecido ainda no mundo. É um aço inox de maior durabilidade e alta resistência mecânica, ideal para os segmentos de agro, mineração e construção, por exemplo. Uma inovação 100% brasileira, criada pela Aperam a partir de um amplo processo de pesquisa de materiais e mercadológico” explica Tarcísio de Oliveira, gerente executivo do Centro de Pesquisas da Aperam.

Nos últimos anos a Aperam também desenvolveu, em parceria com indústrias de segmentos variados, soluções inovadoras para melhorar a eficiência de seus produtos e fomentar o consumo per capta de aço inox no Brasil, de forma que ele seja o material com melhor custo-benefício para o mercado e a sociedade. Para o gerente de negócios da Aperam, Daniel Domingues, o Brasil possui grande potencial de expansão no consumo de aço inox, tendo como base outros países com desenvolvimento similar e que já estão muito mais adiantados nesse aspecto. “O crescimento no consumo de aço inox vai de encontro ao progresso do país e acreditamos fortemente que podemos desenvolver o potencial brasieliro, pois o mercado está cada vez mais aberto a novas iniciativas que impliquem em melhorias de produtividade e ganhos de longo prazo. Já atuamos fortemente no agronegócio, principalmente junto a indústria sucroenergética, e temos ampliado também a presença do inox em outros segmentos, como o de transportes e mineração, por exemplo”, ressalta Daniel. Entre as soluções de inovações mais recentes da Aperam estão a Betoneira Ultraleve, onde o aço inox amplia a vida útil do equipamento, a caçamba em aço inox para caminhões de carga, o carro forrageiro, solução de agronegócio utilizada para alimentação animal, e uma aplicação inédita de aço inox para caminhões de lixo, que reveste a caixa coletora reduzindo o desgaste e mau cheiro gerados pelo chorume. “O mercado anseia por produtos que gerem ganhos de produtividade, aliando resistência e durabilidade, e essa eficiência está diretamente ligada a nossa capacidade de inovação”, reforça o gerente de negócios.

Inovação sustentável

Além do desenvolvimento econômico, a sustentabilidade também é um importante guia para a inovação. A Aperam BioEnergia, unidade produtora de carvão vegetal no Vale do Jequitinhonha, é uma referência nesse quesito, sendo pioneira no desenvolvimento de tecnologias de ponta para o setor florestal no Brasil.

Uma delas é o Programa de Melhoramento Genético que promove a introdução de novas espécies para seleção de matrizes, que permitirão a produção de sementes superiores de Eucalyptus e Corymbia, assim como clones de alta produção. Esse processo de seleção associa as características desejáveis de crescimento, densidade, forma e qualidade da madeira para diversos segmentos, como celulose, carvão vegetal, serraria e energia. Com um portfólio de mais de 23 clones registrados e protegidos, a Aperam BioEnergia é detentora do clone mais plantado no Brasil e de vários outros com produtividade superior plantados no país e também no exterior, o que torna a Empresa referência no segmento. A Aperam BioEnergia já desenvolveu mais de 6 mil materiais genéticos de alta qualidade para dar origem a clones mais resistentes, com altos índices de produtividade e eficiência.

O trabalho de clones e mudas se desdobra nas florestas renováveis de eucalipto que possuem certificado da Forest Stewardship Council® (FSC® CO84330) e são cultivadas pela Empresa para produção de carvão vegetal. No processo de transformação do Eucalipto em carvão, eles passam pelo FAP 2000 – maior forno retangular do mundo para produção de carvão vegetal – e também por um moderno queimador de gases, ambos desenvolvidos pela Empresa na busca pelo aperfeiçoamento do produto final, redução dos custos de produção e redução de emissão de gases na atmosfera.

O combustível próprio, fonte de energia limpa e sustentável, é utilizado em 100% do processo de produção da Aperam, tornando a Empresa a única produtora de aços planos especiais no mundo que utiliza exclusivamente carvão vegetal em seu processo e, com isso, seus produtos levam o selo Aço Verde Aperam. Uma inovação que contribui diretamente também com as metas de geração de carbono das indústrias que utilizam os produtos da Aperam em seus equipamentos e processos.