A FOTO PERFEITA

Já diria o ditado: apenas a persistência é que leva à perfeição. E a confirmação de que esse tipo de afirmação é verdadeira foi comprovada pelo fotógrafo norte-americano Alan McFayden. Foram nada menos do que seis anos perseguindo o que ele considerava ser a “foto perfeita”. O clique que ele queria? O exato momento em que um alcião — espécie de pássaro — tocava seu bico em um espelho d’água.A foto, no entanto, não foi nada fácil de ser tirada. Para começar, a cena que seria registrada simplesmente ocorre em uma fração de segundos. Antes, porém, Alan teria que dar a sorte do animal fazer seu rasante exatamente no momento em que ele estivesse pronto.

Somente o fato de que Alan demorou seis anos — a obsessão começou ainda em 2009 — para chegar à foto perfeita já diria muito. Mas não. Impressiona mais ainda o número de fotos que ele tirou até que atingisse a perfeição: 720 mil vezes.

“A foto que eu estava perseguindo era de um mergulho perfeito, com o pássaro estando totalmente reto, sem jogar água para os lados. Cheguei a tirar 600 fotos em uma só seção e nenhuma delas ficou boa mesmo, mas eu não desisti. Aí está a minha recompensa, agora deu certo”, conta Alan. Com o que queria em mãos e satisfeito com sua perseguição, o fotógrafo parte agora para continuar seu trabalho de registrar paisagens selvagens. Se ele tem alguma nova “foto perfeita” para perseguir? Até o momento não, mas depois dessa busca incansável, ninguém mais pode duvidar da obsessão de Alan.