4ª FEIRA DO TURISMO REÚNE MAIS DE SETE MIL PESSOAS

Vitrine para mostrar os potenciais turísticos do Vale do Aço e ponto de encontro para discutir novas possibilidades do segmento na região. Esse foi o tom da 4ª Feira de Turismo do Vale do Aço, realizado de 26 a 29 de setembro, no Centro Cultural Usiminas. Palestras, oficinas, feira com expositores locais e várias atrações culturais, incluindo o projeto Ipatinga Live Jazz, atraíram cerca de 7 mil pessoas ao evento, uma marca maior do que a última edição.

Com o tema “O Vale Além do Aço”, o evento tem o objetivo de valorizar, divulgar e comercializar os produtos e serviços associados ao turismo, bem como apresentar uma programação cultural repleta de atrações com grupos regionais, oficinas e palestras, visando à capacitação e qualificação dos profissionais do setor. Nesta edição, destaque para o lançamento da Feira com palestra do poeta Bráulio Bessa, do programa Encontro, de Fátima Bernardes (Rede Globo), no dia 26; e para a oficina sobre Aventura, Esporte e Turismo, com o repórter Clayton Conservani, do Planeta Extremo, da Rede Globo, no dia 27.

No lançamento da Feira, o poeta Bráulio Bessa chamou a atenção para o potencial que toda cidade tem de desenvolver o turismo de experiência.  “É preciso estimular o turismo humano, de experiência. A cada lugar que eu passo o que encontro de mais encantador é o povo. O potencial turístico do povo de contar sua história e proporcionar experiências mostra como o turismo é possível para todos e precisa ser explorado nos quatro cantos do Brasil”, declarou Bráulio Bessa.

No segundo dia de evento, foi realizada a abertura oficial da Feira, seguida de palestra da consultora de turismo Marta Poggi, sobre “Turismo Digital: como embarcar nessa era?”. A programação contou ainda com as oficinas: “Cultura e Turismo, um bom negócio”;

“Aventura, Esporte e Turismo, um bom negócio”; “Música e Turismo, um bom negócio” e “Artesanato e Turismo, um bom negócio”.

A Feira teve mais uma vez cursos rápidos de culinária ministrados na carreta do Senac. No Jardim Externo do Centro Cultural Usiminas, o público pode conferir 19 expositores de diversos segmentos turísticos, além de nove atrações culturais. Um passeio ciclístico, o Ipêdalando, realizado sábado, com percurso por pontos com ipês na cidade também foi destaque.

O analista do Sebrae Minas, Alessandro Lima Challub, comemora o aumento do público na Feira de Turismo. “O crescente público, a cada nova edição, comprova como o turismo tem sido cada vez mais um segmento que aponta novas possibilidades para nossa região, além do aço. O objetivo da Feira é mostrar a diversidade de vocações que temos e capacitar o trade turístico”, afirma Alessandro Challub.

A Feira de Turismo foi realizada pelo Projeto Turismo no Vale, Sebrae Minas e Circuito Mata Atlântica de Minas, com co-realização de Instituto Cultural Usiminas, Prefeitura Municipal de Ipatinga, Prefeitura Municipal de Coronel Fabriciano, SindComércio (Sindicato dos Comerciários do Vale do Aço) e Vale do Aço Convention&Visitors Bureau. E contou com patrocínio de Fundação Aperam, Hotel Dom Henrique, Instituto Cenibra Mil Estruturas, Senac, além do apoio da Prefeitura Municipal de Açucena, Vale e Inter TV dos Vales, Consul e do Shopping Vale do Aço, com produção da Fino Trato.