FRATERNIDADE 2017

Pois é. Terminou o Carnaval, e o tempo agora é para reflexão. Os católicos celebram a Quaresma como uma volta à espiritualidade, aliando compaixão e humildade como caminhos que levam à verdadeira vida cristã.
Como em todos os anos, o tema e o lema da Campanha da Fraternidade 2017 foram definidos pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Este ano será sobre “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, tendo como lema “Cultivar e guardar a Criação”.

Recebemos o dom da fé! Seguir Jesus Cristo, viver das palavras, da vida, morte e ressurreição, é graça. Cultivar a fé, exercitar-se é guardar. Guardados, cuidados pelo dom do Seguimento de Jesus que transforma e matura: plenitude da vida. Cultivar a fé e ser guardado pela fé abre para o cuidado dos irmãos e de toda a obra criada.

A Quaresma nos provoca e convoca à conversão, mudança de vida: cultivar o caminho do seguimento de Jesus Cristo. Os exercícios do cultivo que a Igreja nos propõe, no tempo da Quaresma, são aqueles que abrem nossa pessoa à graça do encontro: jejum, oração e esmola.
Jejum: esvaziamento, expropriação, libertação e não privação. O jejum abre nossa pessoa para a receptividade da vida em Cristo.
Oração: súplica de exposição na tentativa de ser atingido pela misericórdia.
Esmola é partilha, o amor partilhado. Deixar-se tocar pela presença do mendigo que cuida do doador.

Fonte: https://portalkairos.org/cf2017/#ixzz4a58AYTbI